Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

BluePex lança nova versão de antivírus corporativa

Postado em: 11/12/2012, às 15:49 por Redação

A BluePex acaba de lançar a evolução do AVware, disponível inicialmente apenas para o mercado corporativo e de órgãos públicos. O Defesa BR traz uma série de melhorias técnicas que são frutos da parceria fechada em 2012 para o fornecimento da tecnologia de antivírus para o Exército Brasileiro.

Uma dos principais avanços do Defesa BR é sua maior estabilidade no trabalho com grandes redes, o que permite que ele seja utilizado com eficiência em milhares de estações de trabalho. A versão apresenta também novos recursos como paineis de controle, indicadores de desempenho e também ferramentas para que o gestor tenha maior autonomia na administração do antivírus.

“Com um fornecimento das licenças de uso e implementação de um laboratório de análise e vírus nas instalações do Exército, a BluePex passou a atuar em uma das maiores redes do País, com mais de 60 mil estações. O conhecimento que estamos ganhando com esse projeto já está embarcado no Defesa BR”, afirma Ulisses Penteado, vice-presidente da BluePex.

A especialização nos vírus e malwares que mais circulam nas redes brasileiras foi fortalecida também com a presença do antivírus na rede do Exército. “O Defesa BR chega ao mercado com uma estrutura de servidores mais potente, e com base de malwares e sites maliciosos ampliada, o que torna o antivírus ainda mais eficiente em relação às ameaças que existem no Brasil”, diz Penteado.

Em janeiro de 2012, a BluePex fechou um contrato com o Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX) para o fornecimento de licenças de uso de seu antivírus e implementação de um laboratório de análise de vírus nas instalações do Exército, em Brasília. A parceria prevê o desenvolvimento conjunto do antivírus, tendo em vista o fortalecimento da tecnologia brasileira para a defesa. O contrato é válido por dois anos.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top