Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Por US$ 75 milhões, Flextronics assume fábricas da Motorola no Brasil e na China

Postado em: 11/12/2012, às 08:56 por Gabriela Stripoli

A Motorola Mobility anunciou a terceirização de sua linha de produção de smartphones e tablets localizada em Tianjin, na China, para a Flextronics, que assumirá também a gestão e as operações da fábrica da empresa em Jaguariúna, no interior de São Paulo. Os empregados, bem como os ativos, serão transferidos para a Flextronics até junho de 2013, quando está prevista a conclusão da transação.

O negócio, avaliado em aproximadamente US$ 75 milhões, inclui a compra das instalações prediais e equipamentos relacionados à linha de produção na China, além da absorção de "alguns milhares de empregados treinados e capacitados", enquanto no Brasil envolve o maquinário da fábrica e incorporação dos funcionários — o prédio continua como propriedade da Motorola.

O acordo com a Motorola, controlada pelo Google, também inclui fabricação e serviços para aparelhos que usam Android, informou a Flextronics em comunicado. A Flextronics diz apenas que a incorporação das plantas industiriais deve somar "alguns bilhões de dólares" à sua receita anual, sem revelar valores.

"O acordo com a Flextronics é um passo importante para transformarmos nossa cadeia de suprimentos em uma vantagem competitiva para a Motorola Mobility", afirmou o vice-presidente sênior de operações da Motorola Mobility, Mark Randall. "A Flextronics é nossa parceira há anos e a experiência na indústria nos permitirá focar em outras áreas da cadeia onde podemos agregar maior valor", finalizou.

A Motorola Mobility foi comprada pelo Google no ano passado por US$ 12,5 bilhões e, ao término da fusão, a empresa de buscas deu início a um amplo processo de reestruturação das atividades. Aproximadamente 20% dos funcionários foram demitidos, totalizando 4 mil pessoas, sendo ao menos 220 no Brasil. À época do anúncio, em agosto deste ano, o Google divulgou que todos os trabalhadores dispensados ocupavam a área administrativa da unidade do interior paulista.

As mudanças estão sendo levadas a cabo em todo o mundo. Na última segunda-feira, 10, o Google anunciou o fim de grande parte das atividades da Motorola Mobility na Coreia do Sul, que culminou com o fechamento do laboratório de pesquisa e desenvolvimento (P&D) na Ásia. Apenas 10% dos especialistas serão realocados em outras áreas da fabricante.

Notícia atualizada às 11h47 (horário de Brasília).

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top