Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Autodesk fecha ano fiscal com receita de US$ 1,84 bilhão

Postado em: 12/03/2007, às 23:38 por Redação

A Autodesk divulgou que obteve receita recorde de US$ 497 milhões no quarto trimestre fiscal de 2007, encerrado em janeiro, um aumento de 19% em relação a igual período do exercício anterior. Em todo o ano, as receitas da empresa atingiram US$ 1,84 bilhão.

De acordo com relatório do balanço, em 31 de janeiro, a carteira total de pedidos era de US$ 415 milhões, dos quais US$ 398 milhões provenientes de receitas diferidas. As receitas com assinatura de software aumentaram US$ 53 milhões, para US$ 328 milhões. Além disso, no fim do trimestre os pedidos de produtos a remeter somaram US$ 17 milhões.

?Nosso crescimento no quarto trimestre foi determinado pelo sólido desempenho das economias emergentes, por nosso programa de assinaturas e, mais significativamente, pela receita recorde de nossos produtos 3D baseados em modelos. Para o exercício de 2008, esperamos que a Autodesk continue a se concentrar em software 3 e ajude nossos clientes a serem mais produtivos e melhorem a qualidade? declarou Carl Bass, presidente e CEO da Autodesk.

O executivo diz que os softwares Inventor, Revit e Civil 3D, produtos 3D baseados em modelos, continuaram a ampliar a penetração no mercado. A receita combinada desses produtos, segundo Bass, aumentou 40% no quarto trimestre, para US$ 121 milhões, equivalente a 24% da receita total do trimestre. No total, a Autodesk forneceu mais de 47 mil instalações comerciais de 3D no trimestre, sendo 23 mil do Revit, mais de 15 mil do Inventor e cerca de 9 mil do Civil 3D.

As receitas provenientes das regiões da Ásia-Pacífico, Europa Oriental, Oriente Médio e América Latina cresceram 44% em relação ao quarto trimestre do exercício de 2006, para US$ 75 milhões, representando 15% da receita total no período. Em relação ao mesmo trimestre de 2006, as receitas de manutenção de assinaturas cresceram 53%, para US$ 123 milhões, equivalentes a 25% da receita total.

No ano fiscal de 2007, as receitas aumentaram 21% em relação ao exercício anterior, para US$ 1,84 bilhões. A receita combinada dos produtos 3D baseados em modelos aumentou 41% em relação a 2006, atingindo US$ 399 milhões. No total, a Autodesk forneceu cerca de 150 mil instalações comerciais de 3D, sendo cerca de 70 mil do Revit, 48 mil do Inventor e 31 mil do Civil 3D. A receita no ano proveniente de economias emergentes nas regiões da Ásia-Pacífico, Europa Oriental, Oriente Médio e América Latina aumentaram 39% em relação ao exercício de 2006, para US$ 258 milhões.

Como a Autodesk ainda não apresentou suas demonstrações financeiras do segundo e terceiro trimestres do exercício de 2007, foram efetuados diversos ajustes nos resultados financeiros desses períodos. Eventos ocorridos após o encerramento desses trimestres forneceram informações adicionais que foram diferentes das estimativas originalmente apresentadas. As alterações resultaram em decréscimo de US$ 13,6 milhões nas despesas após o imposto de renda apuradas segundo os princípios contábeis aceios nos EUA (US GAAP) e em um aumento de US$ 2,6 milhões nas despesas do terceiro trimestre apuradas sob os mesmos critérios.

Para o primeiro trimestre do exercício de 2008, a empresa estima receita líquida na faixa de US$ 490 milhões a US$ 500 milhões. No primeiro trimestre do exercício de 2008, a previsão é que a margem operacional GAAP se situe na faixa de 25,5% a 26,3%.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top