Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Vendas de impressoras e multifuncionais crescem 22% na AL em 2006

Postado em: 12/03/2007, às 23:25 por Redação

O Gartner acaba de divulgar uma pesquisa sobre as vendas de impressoras e multifuncionais na América Latina em 2006. De acordo com o levantamento, 11,1 milhões de impressoras, copiadoras e multifuncionais (MFP) foram vendidas no mercado latino-americano no ano passado, o que representa um aumento de 22,2% em relação a 2005. Segundo o instituto de pesquisa, o aumento das vendas de computadores foi um dos principais fatores que influíram para que a comercialização de impressoras a jato de tinta e multifuncionais crescesse 20% em 2006.

?O ano de 2006 foi a primeira vez que as entregas de multifuncionais a jato de tinta superaram as de impressoras a jato de tinta tradicionais, devido principalmente à forte queda nos preços e ao aumento do portfólio de multifuncionais para o mercado de pequenos e médios negócios?, avalia Federico de Silva Leon, analista do Gartner.

De acordo com o estudo, o mercado de equipamentos a laser teve também um ano forte, impulsionado pelas vendas de multifuncionais a laser e de impressoras a laser tradicionais, que cresceram 38% e 37%, respectivamente. Muito desse crescimento se deveu ao aumento da adoção das chamadas impressoras a laser entrada de linha e de multifuncionais. Esses equipamentos, segundo a pesquisa, continuaram com o preço em declínio no ano passado, com a média de preço de venda para impressoras a laser tradicionais abaixo de 19% em relação a 2005, o que tornou os equipamentos mais acessíveis às pequenas e médias empresas.

O estudo do Gartner aponta que a HP continuou a liderar o mercado mundial de impressoras, copiadoras e de multifuncionais em 2006, com 53,8% de participação. A fabricante, segundo o instituto, beneficiou-se das vendas de PCs e de seu amplo portfólio de produtos, que vai de equipamentos a jato de tinta a laser. A Epson e a Lexmark, por outro lado, viram sua participação de mercado cair, principalmente no segmento de jato de tinta low-end, devido à estratégia de tentarem se posicionar na área de impressão de foto e de multifuncionais.

No mercado latino-americano, a Venezuela foi o país que apresentou a maior taxa de crescimento em 2006, com 45% de crescimento, seguido por Brasil e Peru, cada um com 36%. O mercado brasileiro respondeu por 31% das vendas de impressoras na região, considerando copiadoras e multifuncionais. Esse crescimento foi impulsionado pelo programa do governo federal ?PC Conectado? e pelo aumento da adoção de impressoras a laser e multifuncionais para pequenas e médias empresas.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top