Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Veículos autônomos criarão "economia de passageiros" estimada em US$ 7 trilhões

Postado em: 12/06/2017, às 20:41 por Redação

A Intel apresentou nesta segunda-feira, 12, estudo que explora o potencial econômico que surgirá com os veículos autônomos, quando os motoristas se tornarem passageiros. Batizado de "Economia de Passageiros", o levantamento foi encomendado pela Intel e preparado pela Strategy Analytics, e prevê um forte crescimento de mercado passando de US$ 800 bilhões em 2035 para US$ 7 trilhões até 2050.

As tecnologias de condução autônoma e das cidades inteligentes habilitarão a nova Economia de Passageiros, gradualmente reconfigurando indústrias inteiras e criando outras novas, graças ao adicional cognitivo e de tempo que ela desbloqueará.

A pesquisa mostra o valor da oportunidade econômica por meio do prisma de consumidores e empresas e começa a construir casos de uso projetados para permitir que as pessoas com poder de decisão desenvolvam estratégias acionáveis de mudança.

A empresa de pesquisa aponta ainda que a comercialização de veículos operados autonomamente ganhará força até 2040 – gerando uma fatia cada vez maior de valor projetado e anunciando o surgimento de serviços instantaneamente personalizados.

A pesquisa também aponta que o uso comercial da mobilidade como serviço (MaaS, na sigla em inglês – Mobility as a Service) deverá gerar US$ 3 trilhões em receitas, 43% do total da economia de passageiros. O uso das ofertas de mobilidade como serviço por consumidores deverá contabilizar US$ 3,7 trilhões em receita, ou praticamente 55% do total da economia de passageiros. US$ 200 bilhões é a receita esperada com o aumento do uso por consumidores de novos aplicativos e serviços inovadores que surgirão à medida que a disponibilidade de veículos sem motoristas cresça e evolua.

Estima-se que 585 mil vidas poderão ser salvas graças aos veículos autônomos na era da Economia de Passageiros entre 2035 e 2045. Os veículos sem motoristas deverão liberar mais de 250 milhões de horas de deslocamento dos consumidores por ano nas cidades mais congestionadas do mundo. As reduções nos custos de segurança pública relacionados aos acidentes de trânsitos podem somar mais de US$ 234 bilhões ao longo da era da Economia de Passageiros entre 2035 e 2045.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top