Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Software acelerou análise de dados de CPI, diz deputado

Postado em: 12/07/2007, às 21:00 por Redação

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (12/7) pela Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados, para discutir o uso de novas tecnologias no combate à corrupção e ao crime organizado, 1º secretário da Câmara, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), afirmou que o aparato tecnológico utilizado pela CPMI dos Correios permitiu uma análise em curto prazo dos dados fornecidos à comissão por diversas instituições.

O deputado, que foi relator da CPMI, destacou o uso de um software chamado i.2, que auxiliou no cruzamento de mais 75 milhões de dados. "Sem a tecnologia utilizada, seria impossível finalizar o relatório no tempo exigido", afirmou Serraglio. Ele lembrou que, ao contrário de instituições como o Tribunal de Contas da União (TCU), a CPI tem prazo definido para entregar o relatório.

Na audiência, o analista de Controle Externo do TCU, Carlos Roberto Takao Yoshioka, afirmou que, graças à tecnologia, o tribunal está atuando não apenas na análise do uso do dinheiro público, mas também em auditorias de editais. Ele disse que o TCU está preocupado com a legalidade e com os resultados da aplicação de recursos públicos.

A empresa Tempo Real Tecnologias de Informação, responsável pelo sistema tecnológico i.2, apresentou programas de software durante a reunião. A apresentação foi feita pelo gerente de Tecnologia da empresa, Marcelo Bandeira.

Com informações da Agência Câmara.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top