Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

LG desbanca Samsung no ranking de celulares nos EUA

Postado em: 12/08/2008, às 18:09 por Redação

A fabricante sul-coreana de celulares LG Electronics ultrapassou sua arqui-rival Samsung ao conseguir o segundo lugar no ranking de vendas no mercado dos Estados Unidos no último trimestre, ficando atrás apenas da Motorola, de acordo com dados da empresa de pesquisas Strategy Analytics.

Segundo a consultoria, a popularidade dos celulares com tela sensível ao toque (touchscreen) produzidos pela LG, incluindo os modelos Vu e Voyager, ambos vendidos pela Verizon Wireless, que concorre com o iPhone da Apple, oferecido exclusivamente pela AT & T nos EUA, é um dos fatores do crescimento exponencial da empresa naquele mercado.

O estudo aponta que o mercado americano de telefones celulares teve um crescimento no trimestre de 5,3%, para 41,9 milhões de aparelhos, na comparação com o mesmo período do ano passado, ao contrário de regiões como a Ásia e a África, que tiveram um crescimento mais lento. A unidade global de celulares da LG teve um aumento de 15% nas vendas no período, totalizando 297 milhões de unidades embarcadas, segundo a Strategy Analytics.

A LG obteve uma participação de 21% nas vendas de celulares nos EUA no último trimestre e, com isso, recuperou a segunda posição no ranking que havia perdido exatamente para a Samsung, há dois anos. A Motorola, fabricante americana, ampliou a sua participação nas vendas para 25,8% no período, enquanto que a Samsung caiu para 18,6%.

A canadense Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, terminou o segundo trimestre na quarta posição naquele país, aumentando a sua participação de mercado para mais de 10%. Esta é a primeira vez que a empresa supera essa marca, que respondeu por 10,6% das unidades vendidas naquele país. Esse desempenho, segundo a Strategy Analytics, decorre do crescimento da demanda por seus aparelhos multimídia Pearl e Curve.

Já a Nokia, que lidera o mercado mundial com mais de 41% dos celulares vendidos em todo o mundo, ficou apenas no quinto lugar naquele país, embora tenha quase duplicado a sua participação de mercado, atingindo 9,5% no trimestre. A participação da Apple nos EUA, em termos de unidades vendidas, caiu 1%, para 2,7%, em relação ao trimestre anterior, o que depois foi praticamente eliminado com o lançamento, em julho, do iPhone 3G.

Apesar da popularidade do iPhone, a Verizon Wireless, joint venture entre a Verizon Communications e a britânica Vodafone, foi adicionando assinantes de forma mais rápida do que a AT&T nos últimos trimestres, ajudada em parte pelos handsets da LG. A fabricante sul-coreana também despontou como a maior fornecedora de celulares para a Verizon, que opera uma rede 3G baseada na evolução da tecnologia CDMA.

A maioria dos analistas ouvidos pelo jornal britânico Financial Times não acredita, no entanto, que a empresa coreana seja capaz de destronar a Motorola do primeiro lugar no ranking este ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top