Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Novas ameaças e oportunidades de negócios

Postado em: 12/11/2015, às 16:56 por Terrence Gareau

Os provedores de serviços de internet enfrentam atualmente uma grande responsabilidade. Os clientes esperam que eles forneçam um serviço excepcional, conexões perfeitas e recursos de disponibilidade em uma era de ciberataques cada vez mais sofisticados. A nova realidade mostra que a ação de criminosos da internet, como os ataques de negação de serviço (Distributed Denial of Service – DDoS) podem tirar um negócio dos trilhos. A expectativa com a segurança cresceu e os clientes demandam melhores soluções para reagir contra as mais avançadas ameaças. Só no segundo trimestre de 2015, esse tipo de ataque, que possui capacidade para deixar sites indisponíveis, gerando prejuízos de bilhões de dólares, teve um aumento de 132,43%, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela empresa de consultoria e estratégia de mercado Dazeinfo.

No  caso da América Latina, as investidas dos criminosos têm causado sérios prejuízos. De acordo com informações do estudo Cybersecurity Latin America Report, realizado pela Cybersecurity Ventures e patrocinado pela Nexusguard, só o Brasil teve prejuízos acima de US$ 8 bilhões em 2015 por conta do chamado cibercrime. Seja para conquistar as manchetes dos jornais, extorquir dinheiro de empresas desavisadas, tirar concorrentes por horas ou mesmo dias do ar ou abrir espaço para ataques ainda maiores, os crackers estão utilizando armas cada vez mais sofisticadas.

As chamadas ameaças de zero day (que exploram as novíssimas vulnerabilidades, ainda não corrigidas pelos desenvolvedores de softwares) atuam com muito mais velocidade do que antes. Para completar, com a chegada de novos dispositivos móveis (smartphones e tablets) ao mercado e a adoção da Internet das Coisas, os negócios estão cada vez mais dependentes de tecnologias que estejam sempre online – e cada nova conexão à rede representa uma oportunidade para ataques de DDoS.

Por outro lado, as empresas estão engajadas em batalhas de preços, com as receitas sendo reduzidas pela competição e os serviços negligenciados por conta das ofertas de baixo custo. Mas o que fazer? Encolher os custos é a maneira para  atingir o sucesso? A segurança é uma responsabilidade e os provedores de serviço de internet têm obrigação de entregá-la ao seu cliente. E enxergar esse cenário desafiador como uma oportunidade de negócio é a melhor maneira de enfrentá-lo.

Há um mercado promissor para quem oferecer um alto nível de segurança, conhecimento e transparência para auxiliar os clientes. Agora é hora de começar a olhar a proteção a ataques de DDoS como uma chance para os provedores agregarem valor para o cliente ao protegê-lo contra os mais persistentes ataques.

Tendo em vista a velocidade das mudanças e a complexidade, os provedores de serviço de internet precisam se aliar a empresas especializadas, com alcance global para identificar os padrões e comportamentos dos ataques, que possam oferecer inteligência para mitigar as ameaças de DDoS da forma mais efetiva possível. Além disso, os provedores devem proporcionar desempenho adequado aos seus clientes, com alta disponibilidade e redução do consumo de largura de banda. Há um grande espaço para ganhar receita nessa área e fortalecer sua marca. Basta estar ao lado da empresa certa.

*Terrence Gareau é cientista-chefe da empresa de segurança digital Nexusguard.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top