Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Programa Primeira Empresa Inovadora pode ter R$ 270 milhões

Postado em: 12/12/2011, às 16:34 por Redação

A segunda edição do Programa Primeira Empresa Inovadora (Prime) já está na agenda da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Juntas, as duas instituições pretendem lançar o programa, que visa incentivar a inovação em empreendimentos de pequeno e médio porte. Com a reformulação do Prime, estima-se que o investimento seja de aproximadamente R$ 270 milhões.

Segundo dados da Finep, a demanda por recursos para inovação passou de R$ 300 milhões em 2003 para R$ 4 bilhões em 2010. Apenas nos oito primeiros meses deste ano, o volume alcançou a marca de R$ 5 bilhões. Esses números mostram que a procura por crédito para inovar é crescente e é preciso fazer com que as pequenas e médias empresas acompanhem essa tendência.

E é para diminuir a distância entre os pequenos empreendimentos e a inovação que o Prime está sendo reformulado, segundo o presidente da Finep, Glauco Arbix. Dos R$ 270 milhões destinados à segunda edição do Prime, um total de R$ 220 milhões será aportado pela Finep e o restante, R$ 50 milhões, partirá do Sebrae. Na parceria, a Finep atuará na produção e geração de tecnologias e inovação, enquanto o Sebrae cuidará da gestão e comercialização.

A nova edição do programa deve ser realizada por meio de agentes operacionais que podem ser fundações de amparo à pesquisa, incubadoras ou agências de desenvolvimento. Na primeira edição, a FUMSOFT foi uma das 17 entidades responsáveis pela operação do Prime no Brasil. Para conseguir os recursos, as empresas deverão apresentar uma contrapartida e terão entre 18 e 24 meses para executar o projeto. As áreas priorizadas serão Tecnologia da Informação (TI), Energia, Saúde, Biotecnologia, Desenvolvimento Social, Defesa, entre outras.

Primeira edição

No início de 2009, o Prime entrou em operação para viabilizar o crescimento de empresas em suas primeiras fases de desenvolvimento. Em todo o Brasil, foram cerca de 1400 empresas beneficiadas. Como uma das instituições credenciadas para operar o programa, a FUMSOFT selecionou 117 empresas e cada uma delas recebeu R$ 120 mil em recursos não reembolsáveis para custear itens como recursos humanos qualificados e consultorias especializadas.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top