Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Solução promete facilitar a montagem de lojas de aplicativos

Postado em: 12/12/2011, às 16:16 por Redação

Estimativas do Gartner, empresa norte-americana de pesquisa e consultoria em tecnologia, indicam que as vendas mundiais de smartphones deverão crescer 57,7% este ano, chegando a 468 milhões de unidades. Já as vendas de tablets devem mais que triplicar, chegando a 70 milhões de unidades. O Gartner também afirma que, até 2015, 60% das empresas estarão adotando algum tipo de solução para distribuir aplicativos ou conteúdo pela internet para clientes ou funcionários.
Para atender este mercado emergente, o Instituto Eldorado lançou o Acesso Fácil, uma plataforma digital para distribuição de conteúdos, que permite enviar aplicativos, jogos, livros, arquivos de áudio e vídeo para qualquer dispositivo conectado à Internet.
Com a plataforma é possível montar uma app store (loja de aplicativos, como a Apple Store, Android Market e Amazon Appstore) ou utilizá-la para aplicações corporativas, como envio de catálogos, lista de preços, programas, vídeos de treinamento, tanto para funcionários e colaboradores quanto para parceiros. A plataforma tem a capacidade de reconhecer o dispositivo que se conecta a ele, como celular, tablet, notebook, TV ou outro equipamento.
“A tecnologia do Acesso Fácil é capaz de detectar a configuração do dispositivo e com qual operadora está conectado à web, de forma a selecionar e exibir conteúdos específicos para cada caso. Além disso, o Acesso Fácil é multiplataforma, ou seja, pode operar em interface com diversos sistemas operacionais, como Apple iOS, Android, Windows Phone e outros”, explica Marcelo Henrique de Souza, gerente de P&D do Eldorado.
Entre os clientes do Instituto Eldorado que já estão usando o Acesso Fácil está a Universidade Estácio, que utiliza a plataforma para distribuir material didático digital aos seus alunos. No segundo semestre de alguns cursos, os alunos recebem em regime de comodato um tablet. O sistema identifica cada aluno e envia as apostilas que ele precisa, incluindo avisos de professores e links para pesquisa de matérias. “Outro cliente que já está usando nossa plataforma é a Semp Toshiba, que disponibiliza uma loja de aplicativos (app store) para usuários de seu tablet. Lá, eles podem baixar programas, ferramentas e jogos de forma gratuita”, diz Souza.
O executivo explica ainda que a plataforma também segue coordenadas de localização geográfica por satélite e que é possível distribuir conteúdos específicos para uma determinada localidade. “O catálogo de uma empresa, por exemplo, pode ser enviado a todos os seus distribuidores, com produtos e preços distintos conforme a cidade, região, estado ou país”, explica Souza.
Para o gerente executivo de Desenvolvimento de Negócios e Relações Institucionais do Eldorado, Paulo Roberto Santos Ivo, o Acesso Fácil representa uma janela de oportunidade para vários segmentos do mercado. “Uma pessoa, ao chegar ao aeroporto Tom Jobim, por exemplo, pode receber os mapas da cidade do Rio de Janeiro, guia de restaurantes, hotéis, opções de locadoras de carros, uma aplicação muito útil para turistas e pode ser um nicho de negócio a ser explorado na Copa do Mundo e nas Olimpíadas”, exemplifica.
Outro nicho que o Instituto Eldorado pretende explorar é o mercado editorial de livros eletrônicos, os e-books. “Estamos conversando com algumas editoras, que estão se mostrando bastante interessadas, já que o Acesso Fácil pode operar em conjunto com o sistema de DRM (Digital Right Management) da Adobe. Com o nosso sistema, uma editora pode, inclusive, alugar livros eletrônicos, já que a licença expira depois de um tempo determinado e o usuário não consegue mais acessar o arquivo”, diz Souza.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top