Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

TCI e a indiana PLE criam joint venture de serviços de engenharia

Postado em: 12/12/2011, às 14:52 por Redação

O mercado de terceirização de processos de conhecimento (KPO – knowledge process outsourcing) é o foco de mercado da recém-criada PLE TCI Engenharia, empresa resultante da associação entre a brasileira TCI e a indiana PL Engineering, que vai fornecer uma plataforma operacional, tecnológica e metodológica para otimização dos serviços de engenharia no setor de óleo e gás, energia, petroquímica e infraestrutura.

Fábio Fischer, conselheiro e head do escritório de internacionalização da TCI, diz que a escolha do segmento de atuação da joint venture se baseou num estudo feito sob encomenda para a Fundação Getulio Vargas, que endossou esses mercados como promissores e carentes de soluções de serviços especializados. De posse dessa informação, a TCI buscou na Índia um parceiro especializado, já que o país forma anualmente um grande número de engenheiros, muitos dos quais com expertise no segmento de petróleo e gás.

A operação funcionará com um escritório de projeto no Brasil e outro na Índia, de modo a propiciar um intercâmbio de conhecimento e operações entre os dois países, trabalhando de uma forma totalmente integrada. "Estamos buscando novos profissionais em universidades, iremos investir na capacitação de mão de obra e formamos uma empresa brasileira totalmente estruturada para atender operações regionais e no exterior", destaca Ewaldo Del Valle, CEO da PLE TCI Engenharia, acrescentando que de imediato os clientes poderão contratar serviços que serão executados por profssionais indianos.

O objetivo da nova empresa é o fornecer serviços de engenharia usando know-how, propriedade intelectual e software aportado na empresa, que pode ser contratado por empresas brasileiras no mercado de construção, infraestrutura e energia através de grandes obras estruturadoras. "Haverá um intenso intercâmbio de conhecimento entre os dois países através da presença de nossos engenheiros indianos em treinamento aqui no Brasil e nossos engenheiros brasileiros na base operacional da Índia, com sede em Gurgaon. Desse modo, conseguiremos trabalhar de forma totalmente integrada aproveitando a expertise e experiência de ambos os grupos", afirma Fischer.

Além do intercambio dentro da própria empresa, o executivo diz que, neste momento, a empresa está em contato com as melhores universidades para finalizar a assinatura de convênios para pesquisa e desenvolvimento. "Iremos investir pesadamente na capacitação de mão de obra, utilizando também todo o conhecimento da PL Engineering e da TCI em e-learning."

Com previsão de faturamento de R$ 900 milhões nos próximos quatro anos, a PLE TCI Engenharia tem capital majoritário da TCI, que constituiu com os indianos uma empresa com sede no Brasil e outra naquele país, que facilita atender operações de clientes brasileiros no exterior ou mesmo empresas de outros países. A PLE TCI Engenharia fornecerá serviços para projetos de pipelines, refinarias, plantas de armazenamento de óleo e gás, construção de plataformas e plantas onshore e offshore, usinas térmicas e nucleares, plantas químicas e petroquímicas, automotivas e aeroespaciais.

A PL Engineering, que recém-adquiriu a inglesa Simon Carves, é uma empresa indiana líder no segmento de ESO (Engineering Services Outsourcing), operando em 33 países, com conhecimento altamente especializado em projetos de engenharia nesses setores. A empresa também fornece serviços de consultoria em e-learning e projetos de sistemas embarcados. Já a TCI BPO é uma empresa 100% brasileira que fornece soluções de terceirização de processos de negócios (BPO, na sigla em inglês), opera em 33 localidades e tem 4 mil funcionários. Seu foco de atuação é em gestão eletrônica de documentos, tecnologia de informação, logística, back-office para área de saúde e recursos humanos de forma integrada, tanto para a área privada quanto pública.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top