Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mercado Livre cria sistema de link patrocinado para ampliar receita

Postado em: 13/01/2010, às 20:19 por Redação

Com o objetivo de ampliar sua receita em 2010, o Mercado Livre está apostando suas fichas em um novo sistema de links patrocinados batizado de MercadoAds. Baseado numa ferramenta desenvolvida internamente, ele deve aumentar de 5% para 10% a receita do site com publicidade, que no último trimestre de 2009 faturou US$ 50,6 milhões em vários países da América Latina. A cifra representa um crescimento de 25,7% em relação ao mesmo período do ano anterior, sendo que o Brasil foi responsável por 50% desse montante. O lucro no período foi de US$ 9,9 milhões, alta de 67,7% em relação ao mesmo trimestre de 2008.
Segundo Stelleo Tolda, COO da empresa, outra ferramenta que deve contribuir significativamente para crescimento do faturamento em 2010 é o Mercado Pago, que hoje já representa um terço do negócio. "Já oferecemos a ferramenta, de forma independente, para outros sites na Argentina, Chile e Colômbia, mas não temos previsão de quando faremos o mesmo no Brasil", acrescenta.
O mercado brasileiro de ferramentas de pagamento deve contar em breve com o sistema PayPal, que pertence ao site americano de leilões eBay. "Apesar de o eBay ter participação minoritária no Mercado Livre, não sabemos quando isso acontecerá, mesmo porque ele não tem participação na gestão da nossa empresa. Seremos concorrentes", diz Tolda.
Os dez mais
O Mercado Livre.com divulgou também a lista dos dez itens mais vendidos em 2009 pelo site, em que em primeiro lugar aparecem os smartphones, que no passado já eram também os mais requisitados na América Latina. Os demais, pela ordem, foram acessórios para celulares, câmeras digitais com 10 ou mais megapixels, acessórios para veículos (tunning, peças, som, vídeo), tocadores de MP3 e MP4, pen drives, roupas masculinas, consoles e games, peças e acessórios para notebooks, perfumes e fragrâncias.
Os itens roupas masculinas e perfumes apareceram pela primeira vez entre os dez mais, o que segundo Tolda, reflete uma terceira onda do comércio eletrônico que acontece em mercados mais maduros, onde existe a busca de produtos relacionados a estilo de vida, incluídos aí produtos de beleza, saúde, casa e decoração.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top