Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lançamento do Microsoft 365 deve aumentar vendas de parceiros na América Latina

Postado em: 13/07/2017, às 17:26 por *Claudiney Santos, de Washington, EUA

A partir 1º de agosto a versão Microsoft 365 Enterprise, lançada nesta semana, em Washington, no Inspire 2017, já estará disponível no Brasil e demais países da América Latina. O Microsoft 365 Business, voltado para PMEs, terá um preview público a partir de 2 de agosto, com previsão de início das vendas globais a partir de setembro, a preço de US$ 20 por usuário ao mês.

Segundo Raul Lozano, diretor de Parcerias da Microsoft América Latina, a oferta integrada de Office, Windows, Segurança e Mobilidade, irá trazer maior oportunidade para alavancar as vendas de mais de 24 mil parceiros na região, que terão disponíveis uma série de ferramentas de apoio, como uma nova plataforma tecnológica de relacionamento, um Partner Center, um programa de treinamento on line aberto a todos os interessados e ferramentas de apoio, um "Playbook", uma espécie de guia completo sobre geração de negócios. "Se o parceiro tiver um CRM próprio, poderá se conectar à plataforma através de APIs", explica.

A plataforma também servirá para gerenciamento do Azure, apoiando os parceiros a desenvolver aplicações de negócios, através de um novo programa batizado de ISV Cloud Embed. Através deste novo programa, os parceiros podem comprar recursos essenciais do Dynamics 365, Power BI, Power Apps e Microsoft Flow como "blocos de construção" incorporáveis com descontos de até 50%. Da mesma forma que os parceiros hoje criam seus aplicativos no Microsoft Azure, agora também podem usar a plataforma de aplicativos de negócios para adicionar facilmente a funcionalidade de automação de vendas, linha de serviço e back end operacional para seus próprios aplicativos. Isso ajuda a reduzir os gastos gerais de desenvolvimento e os custos ao se colocar os recursos de engenharia para eles.

Sobre o mercado brasileiro Lozano diz que ele cresceu mais de 100% no ultimo ano fiscal terminado em junho, e que a expectativa é fazer a mesma cifra para o ano fiscal que está começando.

No ranking de vendas da região, o Brasil está na liderança, seguindo de Chile e Porto Rico. Explica que existem 9.300 parceiros brasileiros na Microsoft Partners Network e 4 mil pessoas inscritas na Brasil Partner University e 58 cursos disponíveis até o momento, que foi lançada no mês passado.

Na opinião Maurício Fernandes, presidente da Dedalus Prime, que recebeu a distinção "Country Partner Of The Year 2017 Brasil", a nova oferta do Microsoft 365 na nuvem vai incrementar as vendas dos parceiros, pois havia uma demanda por parte dos próprios clientes, que tinham de gerenciar os produtos de forma separada, com um contrato para cada um produto, prazos de vencimentos e impostos diferentes, etc. "Com o Microsoft 365, que integra Office, Windows 10, segurança e mobilidade, o contrato será único, com preço mais atraente", explica.

Essa é a mesma opinião de Gustavo de Camargo, CEO da Redbelt, parceiro da Microsoft que recebeu a distinção de "Cloud for Global Good, Youthspark Award" no evento Inspire, pelo apoio ao programa Gerando Falcões de empreendedorismo de jovens em Guarulhos. A empresa, que tem foco na área de segurança, mas também vendias os demais softwares, agora investirá no Microsoft 365 para gerar mais negócios para a revenda.

*o jornalista viajou a Washington a convite da empresa.

Tags: , , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top