Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Seguradoras vão gastar R$ 1,4 bilhão com TI neste ano

Postado em: 13/11/2009, às 18:29 por Victor Hugo Alves, de Angra dos Reis

Os investimentos das companhias de seguros em tecnologia da informação neste ano devem totalizar R$ 1,4 bilhão, cifra 16,6% superior ao R$ 1,2 bilhão aplicado pelas empresas do setor nessa área no ano passado.
Os recursos destinados a TI pelas seguradoras representam, em média, 2,5% do faturamento da indústria de seguros. Segundo Glória Guimarães, presidente da Comissão de Processos e Tecnologia da Informação da Confederação Nacional de Seguros (Cnseg) e CIO da Aliança Seguros, os gastos com TI das seguradoras continuarão crescendo.
"A tendência é que as seguradoras passem a investir mais em TI, o que pode chegar a cerca de 2,7% do faturamento da indústria do setor no ano que vem", diz Glória, que participou do 5º IT Insurance Meeting Fenaseg, congresso que reúne seguradoras e empresas de seguros para discutir o impacto das tecnologias nos negócios do setor, em Angra dos Reis, litoral do Rio de Janeiro.
Entre as razões que impulsionarão os investimentos em TI das seguradoras Glória cita os novos modelos de negócios como re-seguros e microsseguros, que ainda estão sendo elaborados e regulamentados. De acordo com ela, os novos produtos e serviços, que acabam por exigir a criação de novas regulamentações, demandam um forte investimento em TI. "Esses fatores vão elevar os aportes em TI. Quando se inova em produtos e serviços e se atende a mais mercados, gera-se maior regulação, o que, por sua vez, exige uma arquitetura de TI mais robusta para suportá-los", comenta.
A executiva avalia que os recursos de TI das seguradoras deverão ser direcionados para projetos de gerenciamento eletrônico, certificado digital, novos canais de venda como mobilidade e internet e aumento da eficiência dos sistemas de gestão de risco.
*O jornalista viajou a Angra dos Reis a convite da Confederação Nacional de Seguros (Cnseg).

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top