Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Teradata tem crescimento discreto no lucro no 3º trimestre

Postado em: 13/11/2009, às 18:30 por Redação

A Teradata, fornecedora de soluções de data warehouse e aplicações analíticas, encerrou o terceiro trimestre com lucro líquido de US$ 63 milhões, um ganho de US$ 0,36 por ação, o que representa um crescimento de 5% na comparação com os US$ 60 milhões, ou US$ 0,33 por ação, registrados em 2008. O resultado inclui uma perda de US$ 5 milhões para amortizar o valor de um fundo de investimento histórico. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o lucro totalizou US$ 170 milhões, ligeira queda de 0,5% em relação aos US$ 171 milhões obtidos no ano passado.
A receita no trimestre foi de US$ 425 milhões, um recuo de 3% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado dos primeiros nove meses do ano a receita totalizou US$ 1,21 bilhão, declínio de 4% na comparação com o US$ 1,26 registrado em igual período de 2008. Ao longo do trimestre, a empresa registrou margem de arrecadação bruta de 53,4%, ante os 54% registrados em 2008, enquanto a margem bruta por produto ficou em 62,3% ante os 64,3% do ano anterior.
Na quebra por região geográfica, as Américas responderam por US$ 247 milhões da receita no trimestre, 2% a menos do que obtido no mesmo período de 2008 (US$ 253 milhões). Já o rendimento bruto na região foi de 55,9%, ante os 56,9% do ano anterior, em função do declínio da receita oriunda de produtos e o aumento na receita proveniente de serviços.
Na Europa, Oriente Médio e África (EMEA), a receita no período foi de US$ 109 milhões, 3% a mais em relação ao arrecadado em 2008. Se descontados os valores de conversão da moeda, que impactaram negativamente a região em 6%, o aumento de receita chega a 9%. Já a receita bruta na região foi de 53,2%, ante 51,9% no terceiro trimestre do ano passado, elevação ocorrida em razão do aumento da receita advinda de produtos e de serviços profissionais.
Já na chamada região Ásia-Pacífico e Japão, a Teradata registrou receita de US$ 69 milhões no último trimestre, um decréscimo de 14% em relação aos US$ 80 milhões contabilizados em igual período em 2008. O ganho bruto na região foi de 44,9% ante os 47,5% em 2008, redução gerada pelo menor volume de receita oriunda de produtos e da baixa absorção dos custos indiretos, além da maior amortização nas despesas destinadas a desenvolvimento de software.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top