Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lucro do grupo GFT registra crescimento de 20% nos primeiros nove meses do ano

Postado em: 13/11/2015, às 17:45 por Redação

O grupo GFT, fornecedor de origem alemã de serviços de TI para o setor financeiro, encerrou os primeiros nove meses do ano com lucro líquido de 15,4 milhões de euros, o que representa um crescimento de 20% na comparação com os 12,8 milhões de euros registrados em igual período de 2014.

A receita aumentou 42%, atingindo 271,48 milhões de euros entre janeiro e setembro, contra 191,4 milhões de euros obtidos um ano antes. A receita no Brasil totalizou 5,22 milhões de euros, crescimento de 73% na comparação com os 3,02 milhões de euros registrados nos primeiros nove meses de 2014. Excluindo as receitas da Rule Financial, de 58,79 milhões de euros, e da Adesis, de 2,81 milhões de euros, a receita alcançou crescimento de 22%, para 209,88 milhões de euros. A britânica Rule foi adquirida em junho de 2014 e espanhola Adesis, em julho deste ano.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) da GFT somou 31,3 milhões de euros no período, expansão de 38% em relação aos 22,6 milhões de euros contabilizados entre janeiro e setembro de 2014.

A empresa atribui o bom desempenho ao aumento da demanda por soluções de TI para o setor financeiro decorrentes de exigências regulatórias e projetos de transformação digital para o setor financeiro, especialmente dos bancos de varejo.

"Adaptar sistemas de TI para atender às crescentes demandas de conformidade continuará a ser um grande desafio para as instituições financeiras. Além disso, os bancos de varejo precisam digitalizar seus processos de negócios ainda mais e torná-los mais centrados na experiência do cliente para fazer frente ao desafio imposto pelas chamadas fintechs [startups financeiras]. Vemos um grande potencial neste mercado e temos como objetivo consolidar nossa posição como o fornecedor líder de soluções digitais para o segmento financeiro", diz Ulrich Dietz, CEO do grupo GFT.

Diante da evolução positiva dos negócios no terceiro trimestre, a empresa atualizou a projeção para o ano de 2015. A GFT prevê que as receitas deverão atingir 368 milhões de euros — anteriormente a expectativa era 362 milhões de euros — no ano. A previsão para o Ebitda aumentou em 1 milhão de euros, passando para 44 milhões de euros.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top