Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Fraca demanda de PCs continua afetar receitas da Intel

Postado em: 14/01/2016, às 20:15 por Redação

A Intel Corporation informou nesta quinta-feira, 14, que teve receita de US$ 55,4 bilhões para o ano de 2015, resultando num lucro operacional de US$ 14 bilhões e lucro líquido de US$ 11,4 bilhões. A companhia gerou aproximadamente US$ 19 bilhões em caixa, pagou dividendos aos acionistas de US$ 4,6 bilhões e usou US$ 3 bilhões para recomprar 96 milhões de ações.

Apesar do resultado, as ações da empresa caíram 3,3% para US$ 31,67, depois do "after market".  Diante desse quadro, as ações da Intel caíram cerca de 10% em relação ao ano passado. Um dos motivos foi a queda continua das vendas de computadores pessoais. A Intel tem expectativa de melhora na demanda em 2016 com base em uma nova família de chips Skylake e novo sistema operacional com o codinome da Microsoft, o Windows 10.

Para o quarto trimestre, a Intel registrou receita de US$ 14,9 bilhões, lucro operacional de US$ 4,3 bilhões, lucro líquido de US$ 3,6 bilhões. "Nossos resultados para o quarto trimestre marcaram uma forte recuperação e foram consistentes com expectativas", disse Brian Krzanich, CEO da Intel. "Nossos resultados de 2015 demonstram que a Intel está evoluindo e nossa estratégia está funcionando. Este ano, nós vamos continuar a impulsionar o crescimento ao ligar a infraestrutura cada vez mais para um mundo inteligente e conectado."

Por área de atuação, a Intel revelou que a receita do grupo de computação chegou a US$ 32,2 bilhões, queda de 8% em relação ao ano de 2014; a receita da área de produtos para data center foi de US$ 16,0 bilhões, um aumento de 11% em relação ao ano anterior. A área se Internet das Coisas faturou US$ 2,3 bilhões, aumento de 7% em comparação com 2014. A receita dos segmentos de software e serviços registrou US$ 2,2 bilhões, uma queda de 2% em relação ao ano anterior.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top