Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Apple quer incluir Galaxy S4 na lista de dispositivos que infringem suas patentes

Postado em: 14/05/2013, às 14:39 por Redação

O recém-lançado Galaxy S4, novo smartphone da Samsung, poderá ser incluído no processo de patentes que a Apple move contra a fabricante coreana. O produto, lançado em março, entraria na lista como o 22º dispositivo que a fabricante americana acredita ter violado patentes de interface com o usuário do seu sistema operacional iOS, conforme divulgado pelo site de tecnologia The Verge. Segundo o site, a intenção da Apple arquivada no Tribunal Distrital da Califórnia, na última segunda-feira, 13, dá conta de uma análise do Galaxy S4 logo após seu lançamento, cuja conclusão foi de "dispositivo infrator", por isso pretende adicioná-lo na lista de aparelhos motivadores de processos.

Para poder adicionar o smartphone na lista originalmente arquivada em agosto do ano passado, a Apple eliminará outro produto da rival, já que a juíza do caso, Lucy Koh, pediu para que o número de alegações de infração de patentes seja limitado até o próximo julgamento, programado para o início de 2014. Entre os dispositivos listados estão o Galaxy SII, Galaxy Note e Note II, e o Galaxy Nexus. Em novembro, a companhia incluiu seis produtos.

Não é a primeira vez que a Apple mira um novo dispositivo da rival para tentar impedir sua venda. Em junho passado, a fabricante do iPhone pediu uma liminar contra a Samsung para bloquear as vendas do Galaxy S3 antes mesmo de o dispositivo ser lançado. Contudo, Koh indeferiu a ação, justamente por acreditar que disputas judiciais entre as companhias já se estenderam demais.

O julgamento também deve discutir a mudança no valor da multa que a Samsung deve pagar para a Apple pelas infrações das quais já foi acusada no ano passado. A multa, originalmente calculada US$ 1,05 bilhão, foi reduzida provisoriamente para US$ 598,9 milhões. Contudo, a fabricante norte-americana alega que houve um erro no novo cálculo no valor de US$ 85,3 milhões, referentes a dois eletrônicos da Samsung. Ainda há uma "inviabilidade jurídica" no cálculo exato de uma nova multa.

Tags: , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top