Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Latin Sports ganha mobilidade com Office 365

Postado em: 14/05/2013, às 12:27 por Gabriela Stripoli

A necessidade de mobilidade faz parte da realidade da Latin Sports. A companhia atua no país dividida em duas células: a Latin Promo, agência de promoção segmentada, e a Latin Sports, ligada a marketing esportivo. Ao fim do ano passado, a companhia adotou o Office 365, software da Microsoft disponível na nuvem, em detrimento das licenças convencionais para geração e edição de documentos e principalmente o e-mail.

O cenário era de perda de informação na empresa, pois dados importantes estavam em máquinas diferentes. Conforme explica o porta-voz da Latin Sports, Chris Kittler, apesar de manter escritórios em São Paulo, Belo Horizonte e Florianópolis, a demanda por mobilidade além dessas três cidades é latente. A companhia organiza eventos em 23 cidades brasileiras – para se ter uma ideia, nos últimos 20 finais de semana, três eventos ocorreram entre a sexta-feira e domingo.

O contrato de US$ 850 mensais para 115 usuários que utilizam perfis de contas diferentes, assinado ao fim do ano passado, representou também a otimização da mão de obra de TI. Os 40 funcionários responsáveis por reparar e-mails e recuperar dados foram liberados para se dedicar a outros projetos dentro da empresa, voltados para inovação, governança e melhorias operacionais. "A implantação do pacote da Microsoft ocorreu ao mesmo tempo em que adotamos um novo sistema de gestão de projetos. Como este outro software é mais complexo, não tivemos dificuldade quando as equipes migraram para o Office 365, até pelo uso ser similar à versão convencional", explicou Kittler.

Uma das preocupações dos gestores na implantação de software na nuvem é ligada à disponibilidade, especialmente quando há necessidade de gerir operações em diferentes cidades. No caso da Latin Sports, a execução do sistema ocorre sem grandes quedas no serviço. "Até chegamos a notar pequenas falhas técnicas, mas são pouquíssimas. Além de tudo, o ganho de flexibilidade é incomparável com esse tipo de questão", conclui. O resultado, segundo o porta-voz, certamente irá motivar a implantação de novos projetos em nuvem no futuro.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)