Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Intel e Red Hat investem em startup de banco de dados de código aberto

Postado em: 14/11/2012, às 16:10 por Redação

A Intel Capital, braço de capital de risco da fabricante de chips, e a Red Hat, fornecedora de software livre e distribuições Linux, anunciaram um investimento na 10Gen, detentora do banco de dados de código aberto NoSQL, chamado MongoDB. O valor do aporte não foi divulgado, mas startup informa que, com essa nova rodada de financiamento, já soma US$ 81 milhões em caixa.

Segundo pessoas ligadas ao assunto ouvidas pelo blog de tecnologia TechCrunch, antes da entrada da Intel Capital e da Red Hat, a 10gen possuía US$ 73,4 milhões. Dessa forma, eles estimam que o valor recebido esteja entre US$ 7 milhões e US$ 8 milhões.

A MongoDB representa uma mudança no mercado de banco de dados, à medida que mais companhias necessitam ir além dos banco de dados relacionais, mais tradicionais. Isso acontece especialmente quando diversos grupos e tipos de informações transitam entre processos estruturados, como em relatórios e tabelas, para os não-estruturados, como o existentes em fontes como Twitter e Facebook.

A arquitetura da MongoDB tem problemas diferentes dos bancos de dados relacionais. Conforme explicou o presidente da 10Gen, Max Schireson, em entrevista ao TechCrunch, a Intel está buscando novos designs de hardware, já que as companhias estão usando processamento paralelo em discos SSD (solid state drive, ou unidade de estado sólido). Esses discos, predominantes em laptops e dispositivos móveis, começaram a ser usados para alguns modelos de servidores porque são mais rápidos e eficientes do que os discos rígidos mecânicos.

Segundo Schireson, a MongoDB possui 3 milhões de downloads, a maioria em servidores Intel de arquitetura x86. O deslocamento entre essas arquiteturas têm implicações para clientes como HP e Dell, que usam os processadores x86 em seus servidores e sistemas vendidos aos consumidores, cada vez mais interessados em ecossistemas na nuvem de database NoSQL. O executivo vê as tecnologias da RedHat e da 10Gen como complementares, e a empresa irá se voltar para melhorar essa integração entre as arquiteturas e sua base de dados.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top