Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Finep aprova financiamento para tecnologia nacional de carimbo do tempo

Postado em: 15/02/2007, às 22:17 por Redação

Uma solução nacional para substituir as tecnologias estrangeiras de carimbo do tempo para documentos eletrônicos é o projeto da empresa catarinense BRy Tecnologia que foi aprovado nesta semana no programa Juro Zero, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). "A tecnologia de carimbo do tempo desenvolvida pela BRy será a única totalmente brasileira em um setor até então dominado por empresas estrangeiras. É uma tecnologia estratégica para o país", destaca o diretor superintendente da empresa, Marcelo Brocardo.

Segundo o executivo, a participação no programa Juro Zero da Finep irá acelerar o desenvolvimento dos sistemas e a apresentação das soluções ao mercado. Entre os produtos desenvolvidos pela BRy através do Juro Zero estão a Autoridade de Carimbo do Tempo (ACT), o Servidor de Carimbo do Tempo (SCT) e o Sistema de Gerenciador de Multi ACTs para a prestação de serviços de suporte.

A Autoridade de Carimbo do Tempo desenvolvida pela BRy é a estrutura vai garantir a confiabilidade dos carimbos emitidos, sendo responsável pela operação dos servidores de carimbo de tempo. Conectados a uma rede de sincronismo autenticado, os servidores geram carimbos e os assinam em nome da ACT. Essa rede de sincronismo de relógio, mantida pelo Observatório Nacional, permite a rastreabilidade e a autenticação do tempo em relação à hora legal brasileira. "Atualmente a BRy já possui uma protocoladora digital de documentos eletrônicos (PDDE), homologada pelo Observatorio Nacional do MCT, que lhe confere o know-how para este novo desafio", acrescenta Brocardo.

Com o desenvolvimento dessas soluções, será criada a BRy Serviços que possuirá toda a tecnologia envolvida no processo de emissão de carimbos do tempo. Será instalada na empresa uma infra-estrutura física, lógica e de recursos-humanos, onde os carimbos serão comercializados diretamente ao consumidor final. Além disso, a empresa irá oferecer o serviço de hospedagem de ACTs de terceiros em uma mesma infra-estrutura de data center, através do sistema Multi ACTs. A Autoridade de Carimbo do Tempo também poderá ser instalada na própria estrutura do cliente.

De acordo com Brocardo, como conseqüência da verticalização e substituição de importação será possível oferecer serviços a preços menores, melhorando a competitividade da BRy.

As empresas catarinenses têm se destacado no programa Juro Zero, que está sendo executado, além de Santa Catarina, em outros quatro estados. Os catarinenses já respondem por cerca de um terço das aprovações de todo país, com oito empresas selecionadas: Specto, Agriness, Intech, Contronics, Weightech, Ilog e na última semana BRy Tecnologia e Directa Automação. Já foram liberados aproximadamente R$ 4 milhões em recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia para desenvolver produtos e serviços inovadores. Em Santa Catarina o programa é executado pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e pela SC Parcerias.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top