Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Intel vai disputar mercado móvel com smartphone próprio

Postado em: 15/05/2012, às 17:59 por Gabriela Stripoli

Com o desenvolvimento de processadores de baixo consumo de energia para para ultrabooks, pilar de sustentação da sua estratégia na área de PCs, a Intel anunciou nesta terça-feira, 15, a entrada no mercado de smartphones. “Não somos conhecidos pela produção de telefones, mas podem aguardar: vocês vão ouvir nosso nome forte nisso”, antecipou o diretor geral da Intel para as Américas, CJ Bruno, durante o Intel Developer's Forum, evento mundial da companhia realizado em São Paulo.

O objetivo da Intel é atingir 100% da população mundial com ao menos um dispositivo tecnológico, de PCs a smartphones, nos próximos cinco anos. Segundo Bruno, haverá 15 bilhões de dispositivos conectados já em 2014. Atualmente, a fabricante de chips britânica ARM Holdings lidera o mercado de processadores de baixo consumo de energia para smartphones e tablets.

Para disputar esse mercado, a Intel vai lançar mão das parcerias que já mantém com as operadoras Lava, na Índia, e Orange, na Europa, e com os fabricantes Lenovo e Motorola Mobility. Além disso, ela está trabalhando em conjunto com o Google para a otimização do sistema operacional Android em seu hardware.

Bruno é cauteloso, contudo, quanto às metas da companhia nessa área e a chegada dos primeiros aparelhos no mercado, pois os projetos ainda estão em fase inicial – a Intel está desenvolvendo um processador de 14 nanômetros, previsto para equipar celulares de alto desempenho em 2014. “Grande parte de nossa pesquisa é focada na otimização de energia e na alta capacidade de processamento em componentes cada vez menores, características essenciais para tablets e notebooks”, explica.

Quando isso ocorrer, a América Latina deve ser parte importante da estratégia. "Acreditamos que o Brasil é um mercado excelente nessa área e a Intel tem experiência no desenvolvimento de soluções em massa. Por isso, esse será um dos mercados prioritários também quando nossa posição estiver consolidada", finaliza o presidente da Intel no Brasil, Fernando Martins.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top