Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Vagas para analistas de dados crescem com a necessidade de especialização

Postado em: 15/05/2013, às 17:18 por Redação
A necessidade de profissionais nas áreas de inteligência e análise de dados para big data é cada vez maior e tem aberto oportunidades de emprego em todo o mundo. De acordo com pesquisa da Teradata University Network feita em 43 países, a maioria dos 308 CIOs entrevistados afirma que a necessidade de suas empresas por profissionais com habilidades em business intelligence e business analytics aumentará no futuro e abrirá novos postos de trabalho e estágios.

Os executivos de TI, contudo, não estão tão otimistas em relação a situação atual do mercado, já que um terço deles apontou a falta de experiência dos profissionais nessas áreas como o desafio mais importante, seguido por habilidades de negócios insuficientes (26%). Habilidades técnicas insuficientes e uma falta geral de candidatos ficaram empatados em terceiro, com 22%, enquanto experiência com ferramentas reais e habilidades de comunicação insuficientes foi apontada por 21% dos entrevistados.

Já 44% dos CIOs disseram que os candidatos às vagas devem possuir habilidades de comunicação e 38% citaram o conhecimento do negócio, ao citarem as habilidades não técnicas mais importantes que novos graduados precisam ter. Gerentes analíticos que estão contratando relatam que suas maiores necessidades de profissionais recém-formados são para analistas de sistemas (35%), desenvolvedores de programas (32%), gerentes de dados (30%) e analistas de negócios (22%).

Para tentar preencher essas lacunas educacionais, 80% dos empregadores pesquisados oferecem cursos de formação suplementar para os recém-contratados que vão desde um extenso trabalho para orientação a cursos práticos para suprir o que não foi ensinado em sala de aula.

Pelo lado dos estudantes, mais de 40% dos 614 entrevistados em 96 universidades apontaram carreiras como analista de negócios, analistas de TI ou uma colocação que requer compreensão da análise de dados como as oportunidades de trabalho preferenciais. Quatro em cada dez estudantes querem usar suas habilidades de inteligência de negócios em marketing (22%) ou em finanças (20%). Já 16% consideram seguir a vida profissional como cientistas de dados.

Já entre os 319 professores universitários consultados em 248 universidades identificaram como pontos importantes para o mercado corporativo fornecer big data (45%), casos de sucesso adequados (31%), se manter atualizado com a prática (29%), suporte técnico e treinamento (29%), experiências realistas e significativas (26%) e o acesso a softwares empresariais atuais (26%). Além disso, 41% dos entrevistados relataram melhorias na área de inteligência de negócios em relação a 2010, a última vez que a pesquisa foi realizada, enquanto que menos de 7% relataram uma redução nessas competências ao longo dos últimos dois anos.

Tags: , , , , , ,

1 Comentário

  1. Pierangela disse:

    Muito interessante essa pesquisa. Gostaria de receber mais comentários a respeito do Big Data.

    Obrigada,

    Pierangela.

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top