Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nextel diz que manterá foco no mercado corporativo mesmo se conquistar novas frequências

Postado em: 16/02/2010, às 20:29 por Samuel Possebon, de Barcelona

Segundo Greg Santoro, VP de marketing e estratégia da NII Holdings, controladora da Nextel na América Latina, a operadora é e continuará sendo uma empresa focada no mercado corporativo e usuários de alto poder aquisitivo, mesmo depois de disputar, e eventualmente vencer, os leilões por frequências que ocorrerão no Brasil (banda H), México e outros países onde a Nextel atua. Por essa razão, diz ele, a operadora fará uma avaliação conservadora do potencial desses mercados antes de fazer os lances. "Não podemos projetar um crescimento de 50 milhões de usuários porque não é esse o mercado em que trabalhamos", diz. Pondere-se, contudo, que participantes desse tipo de leilão procuram despistar os concorrentes antes de disputas. No leilão de 3G realizado em 2007, a Nextel fez lances elevados e forçou as operadoras móveis a subir os lances muito além das previsões iniciais.
Uma peça que não está bem encaixada na estratégia da Nextel é o acordo recém-anunciado com a Televisa, pelo qual o grupo de mídia mexicano comprará 30% da operadora no México por US$ 1,4 bilhão. Perguntado por este noticiário sobre qual seria a lógica de uma operadora voltada ao mercado corporativo ter como sócio estratégico um grupo forte em conteúdos, Santoro explicou que faz sentido para os usuários de alto poder aquisitivo e também pelo poder de distribuição que a Televisa tem. O grupo Televisa é controlador, no México, da operadora de DTH Sky, além de redes de TV abertas. "A Televisa tem interesse em participar dos leilões de novas frequências e se eles tiverem alguma estratégia específica para conteúdos móveis, isso será avaliado por nós", disse. Ele preferiu não comentar sobre eventuais negociações no mesmo molde em outros países. "Por enquanto, estamos focados em finalizar a negociação mexicana".

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top