Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Oracle e HP revelam novos documentos e esquentam caso Itanium

Postado em: 16/05/2012, às 17:12 por Redação

A Oracle a HP revelaram novos documentos que colocam mais combustível na batalha que a HP trava com a fabricante de software, desde que anunciou que irá descontinuar todo o desenvolvimento de software voltados ao microprocessador Itanium, da Intel, depois de uma série de discussões com a fabricante de chips. Na terça-feira, 15, a Corte Federal de Santa Clara, na Califórnia, protocolou o início da análise  do processo, que deve levar ao julgamento do caso, rejeitando um dos argumentos da Oracle.

Tudo começou com a troca de e-mails do vice-presidente sênior e CCO da Oracle, Jeb Dasteel, com a Intel,  em que relatava que a HP confiava tanto nos lucros vindos das vendas e contratos de suporte aos clientes que compraram servidores com o chip Itanium, da Intel, que pagou à fabricante quase meio bilhão de dólares para mantê-lo vivo. De acordo com o blog All Things Digital, ligado ao The Wall Street Journal, havia conhecimento de que a HP era a única empresa que utilizava o componente.

Nas mensagens, a Intel parecia segura de sua intenção de abandonar a fabricação do chip, mas aceitou o pagamento da HP. Perguntado sobre o que aconteceria se a HP não realizasse essa oferta financeira, o então presidente do segmento de servidores da HP, Martin Fink, afirmou que a Intel “interromperiria a produção de certos chips da maneira como foram desenhados”.

A HP respondeu à Oracle também divulgando e-mails. Em um deles, o então CEO da HP, Mark Hurd, foi informado sobre a estratégia agressiva e empolgante da Intel sobre uma nova versão do chip Itanium. Isso seria contrário ao argumento da Oracle sobre o fim do componente. Nele, Fink escreve a Hurd: “Não estou certo sobre o que isso quer dizer, mas eu NUNCA vi a Intel tão agressiva em algo como está sendo agora com o Itanium, e eles estão trabalhando muito nisso para seguir em frente”.

Outro trunfo da HP é uma mensagem da Oracle em fevereiro do ano passado, na qual fica demonstrada a má-vontade em liberar uma versão de software de segurança para uma de suas aplicações em dois modelos de servidores da HP, o HP-UX, além daquele com o chip Itanium. No mesmo dia, o CEO da Oracle, Larry Ellison, enviou um e-mail ao vice-presidente sênior da área de servidores da HP, Thomas Kurian, questionando se os documentos especificavam “o fim das suítes para o Itanium”. A chave desse e-mail é a data, pois a fabricante de software anunciou o fim ao Itanium apenas no dia 23 de março, mostrando uma articulação interna prévia.

Esses são apenas alguns trechos de todo o conteúdo divulgado entre as partes. Ou seja, tanto a acusação quanto a defesa estão determinadas a se ater a todos os seus argumentos, o que pode levar o julgamento, previsto para o próximo mês, a durar ainda mais que o esperado.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top