Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ações da AMD caem para menos de US$ 4 após rebaixamento do Goldman Sachs

Postado em: 16/05/2013, às 19:30 por Redação

As ações da fabricante de chips AMD despencaram na bolsa eletrônica Nasdaq após o banco de investimentos Goldman Sachs rebaixar os papéis da companhia, gerando incertezas nos investidores. Por volta das 18h10 (horário de Brasília) as ações da empresa estavam cotadas a US$ 3,83. Durante o dia, as negociações chegaram a apenas US$ 3,94.

Em nota na última quarta-feira, 15, divulgada pelo site MarketWatch, ligado ao The Wall Street, o analista do Goldman Sachs James Covello afirma que "como tem sido o caso de muitos outros picos e variações de alta das ações da AMD, que falharam, ultimamente os números não justificam o movimento em ações. Acreditamos que esse será novamente o caso desta vez, à medida que esperamos resultados decepcionantes no segmento de PCs que mitiguem o impacto do aumento da receita em jogos". O Goldman Sachs prevê nova precificação das ações da companhia a US$ 2,50 em 12 meses.

Em janeiro, a fabricante teve seu rating de crédito rebaixado de B para CCC pela agência de classificação de risco Fitch, indicando que sua dívida passou de dois para três níveis abaixo do grau de investimento. A empresa avaliada em CCC, de acordo com a terminologia da Fitch, é considerada "altamente vulnerável e dependente de condições econômicas favoráveis para cumprir os seus compromissos financeiros".

Os resultados financeiros da companhia no primeiro trimestre também não foram tão positivos. Apesar de encerrar o período com prejuízo 75% menor que o registrado um ano antes, a receita registrou queda de 31%.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top