Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Google exige que Microsoft retire aplicativo do YouTube da loja do Windows Phone

Postado em: 16/05/2013, às 20:52 por Redação

O Google enviou uma carta à Microsoft na última quarta-feira, 15, exigindo que ela desabilite o aplicativo YouTube para Windows Phone, desenvolvido pela própria fabricante de software, que já há alguns anos reclama que o Google criou meios técnicos de impedir os celulares equipados com Windows de acessar o serviço completo do site de compartilhamento de vídeos.

Na carta divulgada pelo site de tecnologia The Verge, o diretor de parcerias globais do YouTube, Francisco Varela, pede ao gerente geral de aplicativos e loja do Windows Phone, Todd Brix, que "imediatamente retire do ar o aplicativo da loja do Windows Phone e desabilite os aplicativos de download existentes até a próxima quarta feira, 22". O aplicativo disponível para o Windows Phone 8 permite que usuários façam download de vídeos do YouTube e impede a exibição de anúncios durante a reprodução de vídeos, além de rodar vídeos que parceiros do YouTube restringiram de certas plataformas.

"Essas características prejudicam diretamente nossos criadores de conteúdo e claramente violam os nossos Termos de Serviço", diz Varela na carta, complementando que os criadores de conteúdo ganham dinheiro no YouTube monetizando os vídeos por meio de anúncios. "Infelizmente, com o bloqueio de publicidade e permitindo os downloads de vídeos, o aplicativo corta um curso valioso de fonte de receita para os criadores, e provoca danos ao próspero ecossistema de conteúdo do YouTube."

Ao longo da carta, o executivo cita condições dos termos de serviço do YouTube, explicando como a Microsoft os viola com seu aplicativo. "Ficamos surpresos e decepcionados que a Microsoft escolheu lançar um aplicativo que deliberadamente priva criadores de conteúdo de seus legítimos ganhos, especialmente tendo em conta que os usuários do Windows Phone 8 já têm acesso a um aplicativo totalmente funcional do YouTube com base em HTML5, padrão de indústria no navegador da web".

A briga entre as empresas atrasa as negociações do plano da Microsoft de apoiar o Google Talk dentro do Outlook, prejudicando clientes que acabam tendo que escolher entre um serviço ou outro. Inclusive na última quarta-feira, primeiro dia do Google I/O, conferência mundial da companhia para desenvolvedores que neste ano acontece em San Francisco, na Califórnia, o CEO do Google Larry Page declarou que a negatividade da indústria está atrasando o progresso da tecnologia. Ele aproveitou para alfinetar a arquirrival para alguns membros da plateia, dizendo que sua empresa "luta contra pessoas como a Microsoft" nesse sentido.

O The Verge entrou em contato com a Microsoft, mas a companhia não comentou sobre a carta.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top