Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

HP tem desafios para explorar novos mercados com sistema webOS

Postado em: 16/08/2011, às 19:53 por Redação

A HP quer persuadir fabricantes de carros e outros aparelhos a usar seu sistema operacional webOS (oriundo da compra da Palm) em seus produtos. Mas seu atraso ao chegar no mercado está levando as empresas a repensarem sobre a utilização da plataforma, segundo o Wall Street Journal.
Em junho, o CEO da fabricante, Leo Apotheker, disse que sua empresa iria começar a sondar o interesse das empresas no webOS, hoje presente em seus tablets TouchPad e smartphones Pre. De acordo com a HP, o webOS pode adicionar facilmente novas funções a aparelhos, usando a interface touchscreen normalmente atribuída a dispositivos móveis. Por exemplo, uma tela em um fogão poderia exibir receitas direto da Internet, ou então um freezer poderia ser programado para produzir gelo extra em determinados horários definidos pelo usuário.
Estas ambições, entretanto, enfrentam desafios de empresas especializadas no desenvolvimento de softwares. Além disso, as empresas não são interessadas em implantar um sistema operacional avançado em seus produtos, segundo analistas.
O webOS foi adquirido pela HP com a compra da Palm no ano passado, e chega tarde a um mercado que recebeu muito bem o Android, desenvolvido pelo Google, e amplamente usado em dispositivos móveis. Há ainda um sistema especializado desenvolvido pela Microsoft voltado a este tipo de aplicação.
A Panasonic, que desenvolve um sistema de entretenimento para aviões, tomou um outro rumo no segmento que poderia ser uma saída – divulgou no fim do ano passado que irá começar a integrar o Android em seus produtos. Um porta-voz afirmou que irá considerar o uso de outros softwares, mas irá concentrar esforços no produto do Google por enquanto. Os primeiros dispositivos Android devem chegar ao mercado em 2013.
Mesmo assim, a HP pode aproveitar a percepção das empresas sobre seu software, considerado fácil de usar. Com interface intuitiva, integra dados de negócios, contas de e-mail e redes sociais para criar e-books e calendários, por exemplo. Assim, algumas empresas permanecem abertas para um projeto de uso do webOS.
Um exemplo é a Virgin America, que diz estar estudando opções, incluindo o webOS, para atualizar seu sistema de entretenimento em aviões. O lançamento deve acontecer no fim deste ano, e a empresa busca um sistema que possa exibir canais de TV ao vivo ao mesmo tempo que possibilite pedidos dos passageiros.
O grande problema da HP é saber se o mercado de produtos mais baratos, como torradeiras, liquidificadores e geladeiras, tem essa mesma abertura – e é justamente o nicho mencionado pela fabricante.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top