Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lucro da Intel cresce 43% no terceiro trimestre

Postado em: 16/10/2007, às 21:08 por Redação

A Intel encerrou o terceiro trimestre com um aumento no lucro líquido de 43%, impulsionado pela forte demanda por microprocessadores e a melhoria das margens no período. A fabricante de chips registrou lucro líquido de US$ 1,86 bilhão, ante US$ 1,3 bilhão apurado no mesmo período do ano passado. As receitas cresceram 15%, para US$ 10,09 bilhões, superando as previsões da própria empresa, que eram de US$ 9,4 bilhões a US$ 9,8 bilhões.

A margem bruta da empresa, que tem sido estreitamente acompanhada pelos investidores, melhorou de 47% para 52% no trimestre. Em setembro, a empresa disse que reveria suas margens para cerca de 52%, sob o argumento de que demanda estava ocorrendo de maneira ?mais forte do que o esperado?.

?A combinação de bons produtos com a forte e crescente procura mundial, além da eficiência operacional alcançada por meio de nossos esforços com a reestruturação em curso, permitiu que fechássemos o terceiro trimestre com recorde de receita e que a receita operacional crescesse 64% ano sobre ano", disse o presidente e CEO da Intel, Paul Otellini. "Procuraremos cada um desses elementos para continuar a melhorar no quarto trimestre", declarou ele ao jornal The New York Times.

Para o quarto trimestre, a companhia espera alcançar margens de 57%, tendo como base um estimativa de receita entre US$ 10,5 bilhões e US$ 11,1 bilhões, acima portanto das expectativas de Wall Street.

Para o ano, a empresa espera atingir uma margem de 52% e tem expectativa que as despesas de capital se mantenham em consonância com sua previsão anterior de US$ 4,9 bilhões, oscilando mais ou menos em US$ 200 milhões.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top