Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Maioria das empresas já adota modelos de governança de TI, diz estudo

Postado em: 16/10/2007, às 21:08 por Redação

Pesquisa realizada pelo itSMF Brasil ? capítulo brasileiro do fórum internacional que promove as melhores práticas em TI por meio da disseminação do padrão ITIL ? aponta que 85% das empresas no país investem em governança de TI. Há três anos, época do primeiro levantamento, apenas 18% das companhias adotavam disciplinas de gerenciamento de serviços de TI.

Dentro do universo pesquisado, a associação destaca também o fato de que 33% das empresas que atuam no país já adotaram o modelo ITIL em suas operações. Esse dado é a soma das empresas que afirmam adotar o ITIL (20%) com o grupo de empresas que caminham em direção à implantação da norma ISO 20.000 (13%). Além do ITIL, as disciplinas mais seguidas são CobIT (16%), balanced scorecard (11%) e CMM e PMI (6% cada uma).

Para o levantamento foram ouvidos CIOs, diretores e gerentes de TI de 200 grandes empresas do país que participam da quinta edição do itSMF Brasil Conference. O estudo englobou órgãos governamentais, grandes indústrias, empresas da área de telecomunicações, bancos e seguradoras, definindo um relevante panorama de como o mercado brasileiro encara as melhores práticas em gerenciamento de serviços de TI.

Uma área específica da pesquisa retrata de que forma as empresas adquirem serviços associados à implementação de projetos de governança de TI. Oitenta e quatro por cento das empresas pesquisadas afirmaram contratar treinamento fornecido por consultorias especializadas para capacitar seus profissionais nas diversas disciplinas de governança de TI.

Mas o estudo mostra que nem tudo são flores na trajetória das empresas que buscam adotar as melhores práticas de TI. Vinte por cento das empresas afirmam que a maior dificuldade nesse processo é adaptar e personalizar os modelos de governança de TI às necessidades específicas da companhia.

Dificuldade em definir as interfaces para a integração dos processos vem logo a seguir, com 15%; 14%, por outro lado, afirmam que a dificuldade em ter acesso a materiais e literatura em português sobre as disciplinas de governança de TI também é um impedimento para o rápido avanço desses conceitos dentro da empresa.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top