Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

PT não descarta comprar a participação da Telefónica na Vivo

Postado em: 16/11/2007, às 11:51 por Redação

O vice-presidente da Portugal Telecom, Zeinal Bava, afirmou nesta quinta-feira (15/11) que a companhia mantém o interesse estratégico na Vivo, e disse que não descarta a possibilidade de comprar os 50% de participação da Telefónica na operadora de telefonia celular, se o grupo espanhol quiser vender.

O executivo afirmou ainda que a PT não pretende vender a sua participação na operadora de brasileira, da qual detém os outros 50%. ?Estamos satisfeitos com a participação na Vivo?, afirmou Bava, sublinhando que os últimos resultados da operadora brasileira mostram que a equipe de gestão, a PT e a Telefónica estão trabalhando bem. ?O mérito dos resultados é da equipe de gestão, mas também da PT e da Telefónica, que tiveram uma participação ativa?, disse.

Questionado sobre a possibilidade de a Portugal Telecom comprar a participação da Telefónica na Vivo, Bava nega a interpretação dada a uma declaração sua publicada pela agência Dow Jones, na qual afirmava que a PT não tem capacidade financeira para a aquisição.

?Em primeiro lugar, é preciso que a Telefónica queira vender?, aponta Bava, acrescentando que a Portugal Telecom tem como condicionantes o cumprimento integral das promessas feitas aos acionistas durante a oferta pública para aquisição da empresa feita no ano passado pela Sonaecom, e também a indicação da administração para manter um rating de investment grade (índice que representa menor risco para investimentos estrangeiros).

?Só temos estas condicionantes, mas, de resto, estamos confortáveis com a flexibilidade financeira que temos?, sublinhou Bava, não descartando, assim, a compra da participação da Telefónica, se a possibilidade existir. A Portugal Telecom e a Telefónica partilham o controle da Brasilcel, holding da Vivo.

Em declaração aos jornalistas, nesta quinta-feira (15/11) em Madrid, o diretor financeiro da operadora espanhola, Santiago Fernandez, assegurou que a Telefónica ?dificilmente deixará a Vivo?, mas disse que não tem como antever que possa haver novidades sobre o futuro da operadora ainda este ano.

Com informações da Agência Lusa.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top