Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Rede de hospitais carioca completa um ano em SP e planeja ser uma das mais informatizadas

Postado em: 16/12/2011, às 12:19 por Redação

A Rede D'Or acaba de completar um ano de participação no mercado paulista e, mesmo ainda em fase de consolidação, já apresenta resultados positivos. Em setembro de 2010, a rede adquiriu, por aproximadamente R$ 1 bilhão, o Hospital e Maternidade São Luiz, um dos mais tradicionais centros de saúde do país, que conta atualmente mais de 800 leitos e possui 11 mil médicos credenciados. Segundo o diretor executivo da Rede D'Or, Rodrigo Gavina, a rede já tem uma posição de destaque no estado do Rio de Janeiro, e agora busca se consolidar no mercado paulista.

"É óbvio que São Paulo é o maior e mais competitivo mercado do país, por isso temos que usar toda nossa inteligência de mercado e boas práticas para podermos nos posicionar nele", diz Gavina. A rede possui 22 hospitais no Brasil, com operações na cidade do Rio de Janeiro e fora da região metropolitana, São Paulo e em Recife. Devido às aquisições paulistas, a operação na região já representa mais de 50% do faturamento do grupo, que em 2010 contabilizou R$ 2,3 bilhões. "A avaliação desse primeiro ano em São Paulo é totalmente positiva. Estamos buscando a melhoria em todos os níveis da empresa, que já mostra índices positivos e sustentáveis para os próximos anos", afirma o executivo.

Uma adaptação trazida pelo grupo carioca à rede paulista de hospitais foi a padronização do seu sistema de gestão administrativa, utilizado em todas as unidades da rede. "Entramos no São Luiz durante a transição do sistema de gestão hospitalar e foi preciso calibrar as mudanças para que os novos software de gestão e prontuário eletrônico entrassem em operação causando o mínimo de transtorno possível", comta Gavina.

A Rede D’Or pretende manter as inovações de TI feitas pelo hospital nos últimos anos, entre elas a implantação da solução Clarify Mirax, adquirida em julho de 2010, que permitiu o alinhamento do orçamento aos objetivos estratégicos da empresa. O sistema fornece aos acionistas e executivos a possibilidade de prever, simular e antecipar decisões futuras, obter o melhor resultado das oportunidades previstas, minimizar as consequências desfavoráveis, quantificar impactos econômico-financeiros de mudanças, analisar e direcionar os investimentos, simular o resultado das fusões e aquisições, prever o aporte de capital e financiamentos, analisar a rentabilidade, qualidade e desempenho, simular reestruturações e redução de custos e identificar os riscos do negócio.

O Hospital São Luiz também é usuário do software de gestão em saúde Tasy, da Wheb Sistemas. O sistema auxiliou o hospital na uniformização das informações entre as unidades, na melhoria da segurança na assistência prestada ao paciente e na geração de informações íntegras, precisas e disponíveis. Particularmente, a unidade Itaim do Hospital São Luiz, que está passando por uma expansão física – construiu 39 novos leitos de internação, dentre eles apartamentos e suítes -, e será totalmente informatizada e fracionada em subseções. A unidade receberá um sistema de prontuário eletrônico para facilitar a circulação de dados dos pacientes.

A Rede D’Or está construindo a quarta unidade do Hospital São Luiz, em Santo André, no ABC Paulista. O complexo ocupará uma área de 20 mil metros quadrados e contará com cerca de 200 leitos, pronto-socorro, centro cirúrgico e maternidade. Com 200 médicos, a operação terá capacidade para realizar até mil cirurgias e 20 mil atendimentos ao mês. A previsão é que o empreendimento consuma um investimento de R$ 90 milhões e seja entregue em 2012, já preparado para ser um dos hospitais mais informatizados de São Paulo, segundo Gavina.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top