Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Indústria eletroeletrônica se mantém estável em abril, indica Abinee

Postado em: 17/05/2013, às 16:26 por Redação

Os negócios do setor eletroeletrônico se mantiveram estáveis em abril na comparação com o mês anterior, mas apresentaram alta em relação ao mesmo mês do ano passado. Sondagem realizada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) mostra que o número de empresas que indicaram crescimento nas vendas e encomendas saltou de 41%, em abril de 2012, para 60% neste ano. Ao mesmo tempo, recuou de 36% para 19% o total de empresas que registraram queda.

Ao comparar com o mês imediatamente anterior, o percentual de empresas que indicou crescimento passou de 45% para 47%. Além disso, permaneceu alta a taxa de respostas que apontou resultados abaixo das expectativas, atingindo 49% (veja gráfico abaixo). Já os estoques de insumos e matérias-primas e de produtos acabados do setor continuaram com tendência de estabilidade. Os que indicaram normalidade nos estoques atingiram 68% em abril, dois pontos percentuais acima do mês passado. Já o total de companhias que declararam estar com os estoques acima do adequado subiu de 21% para 24% na mesma comparação, e as que ficaram com estoque abaixo caíram de 13% para 8%.

Abinee abril 2013

Fonte: Abinee – maio/2013

Emprego

O nível de emprego continuou dando sinais de estabilidade. Em abril, 66% das empresas do setor eletroeletrônico mantiveram constante o número de empregados, contra 68% em março. Já as empresas que elevaram o quadro de funcionários permaneceu em 19%, enquanto as que reduziram saltaram de 13%, no mês anterior, para 15% em abril. Na pesquisa de emprego da Abinee, o número de trabalhadores do setor eletroeletrônico está aumentando neste ano. Em março, eles chegaram a 186,3 mil, o que totaliza 3,3 mil trabalhadores a mais do que o registrado no fim do ano passado (183 mil).

Exportações

Quanto às exportações, 29% das empresas indicaram aumento, resultado próximo do apontado na pesquisa de março, quando foram registradas 30% de empresas com este índice (veja gráfico abaixo). Segundo dados da Secex, as exportações de eletroeletrônicos em abril foram 6% maiores em relação ao mesmo mês do ano passado. No acumulado dos quatro primeiros meses do ano, as vendas externas somaram US$ 2,3 bilhões, recuo de 5% em relação a igual período do ano anterior.

abinee exportacoes abril 2013

Fonte: Abinee – maio/2013

Ainda segundo a sondagem, a maior parte das empresas (82%) continuou não apresentando dificuldades na obtenção de capital de giro. E o percentual de empresas que sentiram pressões nos preços de insumos e matérias primas reduziu de 50% para 44%.

A Abinee enfatiza que, no mês de abril, apesar do crescimento no contraste ano a ano, os negócios da indústria eletroeletrônica continuaram retraídos. Em parte, isso se deve pelos baixos investimentos das operadoras na área de infraestrutura de telecomunicações, na qual foram observadas poucas entradas de novas encomendas e adiamento de projetos.

Expectativas

Mesmo com os resultados aquém do esperado, as empresas do setor eletroeletrônico estão otimistas quanto ao desempenho para os próximos meses, já que 63% das consultadas esperam crescimento das vendas em maio. Para total do segundo trimestre, essa fatia é de 66%. Quando considerado todo o trimestre, 67% das companhias esperam alta nas vendas e remessas.

Quando considerada a perspectiva para o consolidado do ano, o otimismo é ainda maior – 73% das companhias consultadas pela Abinee estão com previsões de crescimento, 20% esperam estabilidade e apenas 7% indicam queda. O faturamento da indústria eletroeletrônica deve alcançar R$ 155,7 bilhões em 2013, 8% acima do resultado do ano passado.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top