Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

ITU já tem alguns critérios estabelecidos para definir 4G

Postado em: 17/07/2007, às 21:42 por Redação

A 3G Americas, organização criada para promover a implementação da tecnologia GSM e suas evoluções, publicou nesta terça-feira (17/7) um novo white paper intitulado ?Definindo o 4G: Entendendo o Processo da ITU para a Próxima Geração da Tecnologia Sem Fio?. O documento oferece uma descrição de como o IMT-Advanced ou 4G será definido futuramente pela União Internacional de Telecomunicações (ITU).

O presidente da 3G Americas, Chris Pearson, disse que a ITU está estabelecendo critérios para o IMT-Advanced, e vai selecionar várias tecnologias para inclusão nessa família. ?Somente a partir desse momento poderemos saber o que é e o que podemos chamar de 4G com credibilidade. Hoje, qualquer colocação dizendo que uma tecnologia específica é 4G é apenas estratégia de marketing, o que pode criar confusão no mercado e desvirtuar os padrões da indústria de telecomunicações. Um padrão deve ser verificado por uma série de requisitos estabelecidos para se qualificar como 4G, e isso deve acontecer no futuro quando as necessidades forem delineadas pela ITU? comentou.

Segundo o white paper, o setor de radiocomunicações da ITU (ITU-R) avançou na criação de uma definição harmonizada e globalmente aceita de sistemas móveis 4G, e está próximo de publicar a documentação dessa definição. Trabalhando com a missão de analisar sistemas além do 3G, a ITU-R avançou na visão oferecida em 2002 para estabelecer o nome do 4G em 2005 (IMT-Advanced). Em 2006, a ITU-R listou os princípios para o processo de desenvolvimento da IMT-Advanced.

O trabalho inclui elementos importantes para o sucesso da indústria celular, especialmente o equilíbrio entre as visões do mercado e serviços, tecnologia, espectro e regulamentação. ?No início de 2008, a ITU-R transformará essa visão num conjunto de requisitos por meio dos quais tecnologias e sistemas poderão ser designados, num futuro próximo, parte da IMT-Advanced e assim ganhar a credibilidade e o direito de serem considerados 4G?, diz o relatório.

Durante os anos de 2008 e 2009, a ITU-R deve realizar uma chamada para candidatos IMT-Advanced e uma avaliação das tecnologias e dos sistemas desses participantes. O resultado desse processo será a família tecnológica 4G. Esse grupo, de acordo com os princípios definidos para nortear a aceitação dentro do processo da ITU, será reconhecido globalmente e poderá crescer e incluir todos os aspectos de um mercado que deve chegar após 2010.

?As tecnologias de terceira geração estão crescendo muito no mercado, mas também começaram a partir de uma visão e um conjunto de requisitos da ITU", acrescentou Pearson. ?A evolução do mercado e seus clientes será bem servida pelo processo atual da ITU dentro do contexto da nova geração de serviços sem fio.?

O white paper ?Definindo o 4G: Entendendo o Processo da ITU para a Próxima Geração da Tecnologia Sem Fio? está disponível gratuitamente no site www.3gamericas.org.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top