Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Sony cresce no mercado corporativo

Postado em: 17/08/2005, às 14:30 por Redação

A Sony superou em 35% a previsão de vendas de produtos corporativos no ano fiscal de 2004, cujo total de receitas chegou à R$ 1,07 bilhão, do quais 20% oriundos nesse segmento. A informação é de Luiz Padilha, diretor da Divisão Profissional da empresa, no evento Business Solutions By Sony que acontece essa semana em São Paulo, onde foi lançada uma série de novos produtos para videoconferência, armazenamento e segurança.

A empresa aproveitou a ocasião para reforçar o conceito da sua divisão Profissional, denominado Ipela (junção de protocolo IP + Bella em italiano), que propõe um novo conceito de trabalho, com mais conectividade e comunicação visual, representada pelas câmeras e aparelhos de videoconferência.

Dentre os produtos destinados ao mercado empresarial, a Sony lançou novos modelos de câmeras de vigilância IP para os segmentos profissional e doméstico, que incorporam servidor WEB, formatos de compressão JPEG e MPEG-4 , zoom que pode chegar 18x no modo ótico e 12x digital.Elas permitem economia de banda e transmissão wireless. Também oferece o recurso multicast, que pode transmitir áudio e vídeo para um grande número de usuários. O modelo profissional RZ-25 tem preço sugerido de R$ 8.900,00 e é indicado para ambientes corporativos, shoppings, aeroportos, etc, pois conta com recursos para captar imagens com baixa luminosidade e disparar alarmes de acordo com a necessidade. O modelo SNC- P5 tem preço sugerido de R$ 4 mil. Já a série SNC-M oferece o modelo M3W por R$ 2.200,00.

O novo sistema de videoconferência PCS-G50 é indicado para chamadas multiponto, com transmissão de qualidade de vídeo em redes IP e velocidade máxima de transferência de vídeo e dados simultâneos de 4 Mb por segundo. Ele incorpora recursos de criptografia e toda a apresentação pode ser gravada num memory stick. A câmera tem ainda um recurso de tracking que faz a detecção automática do direcionamento da voz da pessoa que estiver falando. O preço sugerido do equipamento é de R$ 21.700,00.

A empresa anunciou também dois projetores de vídeo: o VPL-CX20 com tecnologia SGA e o VPL-CS20 com SVGA. Indicados para apresentações executivas e portabilidade, eles são compactos (5 cm) e leves (1,9 kg) e utilizam 3 LCDs para produzir imagens mais naturais e brilhantes (2000Ansi lumens). O preço sugerido é de R$ 7 mil e R$ 10,5 mil, respectivamente.

O pacote de lançamentos inclui ainda uma unidade de fitoteca robotizada, a CSM-20 com dois drives S-AIT e pode armazenar 20 cartuchos de alta capacidade e opcional para dobrar o volume de dados, chegando até 26 Terabytes. Ela conta com o recurso Worm que permite que o dado só seja gravado uma única vez, por questão de segurança. A Sony está trabalhando em parceria com a CA? Computers Associates e distribuidores como Ingram e Officer.O preço sugerido ao mercado é de R$ 90 mil.

Apresentaram também uma impressora de fotos digitais que imprime uma imagem em oito segundos. Ela suporta um rolo de impressão para 500 impressões de 10 x 15 ou 335 impressões no formato de 13 x 18 cm. Lançou ainda o gravador DVDirect que converte vídeo em DVD sem utilização de computador, direto do videocassete ou da câmera filmadora; o NSP Network Storage Player que armazena e reproduz conteúdos multimídia, indicados para promoção de redes de varejo, shoppings, hotéis,etc; e a câmera BRC-300 que funcionar no formato High Definition.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top