Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

ITS fará plano de exportação de software na área bancária

Postado em: 17/10/2005, às 20:04 por Redação

O ITS, braço da Softex em São Paulo, foi a instituição indicada para cuidar da elaboração do plano da área bancária (PSV Automação Bancária e Finanças) do Projeto Setorial Integrado de Software e Serviços Correlatos (PSI-SW), que deve estar concluído até 21 de novembro, quando Softex e Apex receberão o relatório final e as cartas de adesão das empresas interessadas.

O trabalho está sendo coordenado por Luís Marques de Azevedo, que identifica dois desafios no trabalho do grupo: primeiro, a exigüidade de tempo para formular estratégias de médio e longo prazo para as exportações brasileiras; segundo, o próprio objetivo do trabalho, que é vender software brasileiro para instituições financeiras no exterior.

Com o PSI-SW e a estruturação das verticais, focada na organização das empresas em áreas de interesse, Djalma Petit, coordenador-adjunto da Softex, diz que a estratégia principal do PSI-SW é a articulação das empresas em verticais, para que definam e implementem uma estratégia cooperada de ação no mercado internacional. ?A vertical bancária é um dos setores em que as empresas de software e serviços brasileiras têm muita competência, devido ao desenvolvimento do nosso setor bancário e financeiro. Nossa expectativa é que reuniremos um grupo bem significativo de empresas em torno de uma estratégia coerente e de consenso entre elas de atuação no mercado internacional.?

Apesar de reconhecer inúmeros aspectos negativos que limitam a participação no mercado internacional, Marques aponta condições positivas na realidade brasileira que devem ser levadas em conta, pois, tecnologia da informação e exportação de software são prioridades nacionais, o que pode beneficiar com incentivos governamentais as empresas com foco no mercado externo. ?Além de ser líder mundial em e-banking, o Brasil caracteriza-se como um mercado bancário sofisticado, versátil e competitivo na prestação de serviços. E isso significa a oferta de amplo universo de sistemas e aplicativos em todas as modalidades de operações bancárias e financeiras?, diz ele.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top