Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Leilão de licenças da 3G será realizado em dezembro

Postado em: 17/10/2007, às 21:55 por Redação

A Anatel definiu para 18 de dezembro o leilão das freqüências de terceira geração de telefonia móvel (3G). O edital de licitação foi aprovado nesta quarta-feira (17/10) pelo conselho diretor da agência.

Segundo o conselheiro da Anatel, José Leite Pereira Filho, a concorrência entre as operadoras deverá assegurar o sucesso do leilão. ?A cobertura está fixada. Existem mais operadoras do que o número de bandas ofertado. Pelo menos em algumas regiões poderá haver disputa de preço?, afirmou.

De acordo com Pereira Filho, existem ao todo cinco bandas de freqüência na faixa de 1,9 GHz a 2,1 GHz, a principal utilizada no mundo para serviços de terceira geração. No entanto, apenas quatro bandas serão oferecidas ao mercado, com outorga renovável de 15 anos.

O conselheiro informou ainda que o país foi dividido em 11 áreas de prestação do serviço 3G. A intenção, diz ele, é contemplar todas as operadoras que atuam no Brasil. ?O objetivo é dar oportunidade a cada uma das prestadoras [de serviços] a operar na terceira geração?, explicou. ?Se uma prestadora pequena tivesse que comprar uma região inteira para ter acesso ao novo espectro, ela poderia não ter condições de fazer isso.?

Para evitar que a disputa se concentre nas regiões com maior população e mais rentáveis para o mercado, a Anatel decidiu vincular algumas áreas, classificadas por Pereira Filho como ?o filé e o osso?. ?Quem comprar a região Metropolitana de São Paulo terá de arrematar a Amazônia. E quem comprar o interior de São Paulo terá de adquirir parte do Nordeste?, explicou.

O conselheiro esclareceu que apenas o estado de São Paulo terá vinculação. ?As demais regiões, nós cremos que são interessantes o suficiente para garantir o interesse dos investidores?, declarou.

Pelo cronograma estabelecido pela Anatel, cerca de 3,6 mil municípios em todo o país terão cobertura do serviço 3G em até oito anos. Ao todo, serão leiloadas 44 licenças nas 11 áreas de prestação de serviços. O lance mínimo estabelecido para o leilão é de R$ 2,8 bilhões.

Com informações da Agência Brasil.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top