Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Análise de dados empresariais impulsiona negócios da Neoway

Postado em: 17/11/2015, às 13:28 por Claudiney Santos

A explosão de mercado de soluções utilizando big data e analytics, onde empresas buscam informações relevantes para geração e planejamento de negócios, de mitigação de riscos e inteligência competitiva, atraiu o interesse de investidores e grandes fundos de investimentos. Como essa proposta, a Neoway, empresa com sede em Florianópolis, que atua há mais de 10 anos no mercado, aproveitou essa tendência para oferecer soluções para necessidades específicas e transformar informações corporativas em vantagens competitivas.

No ano passado, o fundo de investimentos americano Accel Partners (o mesmo que investiu no Facebook) adquiriu parte da companhia que tem hoje cerca de 250 clientes. Ela também conta com conselheiros experientes como Mauro Muratório Not e Emílio Umeoka, ex-executivos da Microsoft Brasil e os fundos Monasheess e Endeavor. O valor dos investimentos não foram revelados.

A Neoway oferece uma combinação de 3 mil de bases de dados públicas disponíveis no mercado e outras adquiridas legalmente, nas quais aplica modelos preditivos e plataforma analíticas, para, por exemplo, levantar o potencial de vendas para um determinado mercado, uma região, microrregião, inclusive como os dados básicos e endereços que são solicitados pelos clientes. O universo inclui cerca de 31 milhões de empresas registradas no país, das quais cerca 18 milhões ativas e 13 milhões baixadas dos órgãos de registros.

"Ela é mais que uma ferramenta de geomarketing, pois permite combinar uma série de detalhes, de perfis das empresas e sócios, que podem ser combinados para se fazer o planejamento de mercado, de produção, análise de créditos, de riscos, etc", explica Carlos Monguilhott, diretor Customer Success da empresa.

O primeiro cliente da Neoway foi a Cerâmica Portobello, que  fez uma análise do número de prédios em construção em determinada região, para saber o quanto de market share ela possuía. Depois da pesquisa descobriu que existiam vários edifícios nessa condição que não estavam em sua base de dados, constando que seu market share era diferente do imaginado e que havia um potencial de mercado não atendido. Além disso, a Porto Belo está usando a ferramenta para instalar novas lojas de franquias da marca de revestimentos em todo o país.

Para a área financeira e gestão de risco, a solução permite o cruzamento dos nomes dos acionistas de uma empresa, inclusive aqueles encobertos em diversas holdings, para que se possa avaliar decisões de risco de um empréstimo para uma empresa, cujo verdadeiro proprietário não aparece claramente no contrato social.

Hoje as soluções da Neoway são aderentes aos mercados financeiro, de seguros, tecnologia, telecomunicações, automotivo, consumo, manufatura, varejo, construção civil e de óleo e gás. Novos setores estão sendo incluídos para o próximo ano. Conta com mais de 300 profissionais e cinco escritórios no Brasil e no exterior, com área de desenvolvimento em Florianópolis.

Gestão de dados

Para oferecer suas soluções, que buscam trazer assertividade na tomada de decisão para negócios, a Neoway tornou-se a primeira empresa da América Latina a ser avaliada pelo modelo DMM (Data Management Maturity), desenvolvido pelo Instituto CMMI (Capability Maturity Model Integration), que avalia práticas ligadas à gestão de dados e atua como um instrumento de medição de maturidade.

Ela já trabalhava com processos formais e uma estratégia transparente para lidar com a qualidade e governança dos dados, que conta com mais de 3 mil atributos cadastrados, utilizados pelos seus clientes, que vão desde multinacionais de grande porte e grandes instituições financeiras a pequenas e médias empresas.

A companhia aplicou o modelo DMM para se tornar mais eficiente na gestão de ativos de dados críticos, melhorar as operações, permitir análises e ganhar vantagem competitiva. O modelo permitiu avaliar as capacidades da empresa no gerenciamento de seus dados e revelou as prioridades, necessidades de negócios e um caminho mais claro e rápido para implementação de melhorias.

A avaliação é conduzida em duas etapas: Assessment e Appraisal. A primeira avalia a capacidade da empresa de executar as atividades previstas no modelo (que conta com 6 categorias e 25 áreas de processo). A segunda avalia a maturidade da empresa em perpetuar a execução destas atividades, buscando a melhoria contínua.

Em sua primeira versão, lançada em agosto de 2014, o DMM contou com a contribuição de diversos especialistas no assunto. O modelo tem auxiliado empresas a desenvolver e amadurecer a percepção de seus dados como ativos organizacionais, além de direcionar as atividades relacionadas à gestão de dados. Um exemplo disso é que 76 problemas relacionados à qualidade dos dados foram identificados e corrigidos antes de serem disponibilizados em produção. Ao ser avaliada pelo modelo DMM, a Neoway junta-se a organizações pioneiras nessa certificação,  como Microsoft, Fannie Mae e o Federal  Reserve dos EUA.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

2 Comentários

  1. Marcelo disse:

    Conheço a Neoway é realmente as soluções deles são impressionante.
    Implantamos todo o sistema em 15 dias e tivemos o retorno do investimento em menos de 4 meses. É realmente incrível o que a ferramenta consegue fazer e o potencial de mercado que a mesma nos gerou foi um case mundial dentro da nossa empresa.
    E vale destacar o atendimento do Customer Success que além de muito bom eles são muito pro ativos.

  2. Fabiano Medeiros Florentino disse:

    A Neoway é uma Grande empresa, comprometida em melhorar seu trabalho dia a dia.

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top