Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lexmark reforça posicionamento no mercado de software empresarial

Postado em: 17/11/2015, às 14:49 por Claudiney Santos

Quem ainda conserva uma imagem da Lexmark como produtora de impressoras para consumidores, desconhece as mudanças ocorridas nos últimos anos, pois desde 2011 ela vendeu essa operação para um grupo chinês. Hoje ela é uma empresa de software empresarial, estratégia que vem sendo desenvolvida de lá para cá, com a aquisição de 13 empresas, a última delas a Kofax, no começo do ano, por US$ 1 bilhão.

A informação é de Luiz Claudio Marques Menezes, presidente da empresa no Brasil, que acrescenta que hoje a absorção da Kofax no país passa pela mudança de registro de contrato social para sua incorporação legal, que deve ocorrer em breve. "Como a Kofax trabalhava através de canais indiretos, poucos funcionários serão transferidos", explica, complementando que hoje a empresa soma cerca de 500 colaboradores.

Outra aquisição relevante, segundo ele, foi da Brainware, que tem uma solução inteligente de captura, indexação e distribuição da informação para quem precisa dela, que pode ser integrada a sistemas de gestão empresarial, como SAP.

A Lexmark também quer ampliar seus investimentos na área de Saúde, onde ela tem um relevante market share nos EUA, com a solução Perceptive Acuo VNA,  sistema central para gerenciamento e compartilhamento de imagens médicas visível em todo os setores do hospital ou laboratório. Nesse segmento ela tem parceria com a Green e BrScan, e está conversando com outros possíveis parceiros, como  a Totvs, que já integra uma solução de captura e busca de imagens.

Mesmo com as dificuldades do momento econômico, Menezes está confiante com a conquista de novos clientes após a aquisição da Kofax, a na manutenção de contratos de Managed Services de impressão, que são receitas recorrentes, onde segundo ele detém 40% do mercado e a maioria de clientes na área bancária e varejo, por exemplo.

Outra iniciativa do executivo em função da aquisição é rever todo o mix de canais, para avaliar se haverá superposições ou gap que precisará ser atendido por novas parcerias.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top