Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Microsoft expande parcerias com objetivo de democratizar a inteligência artificial

Postado em: 17/11/2016, às 19:37 por Redação

A computação em nuvem, algoritmos mais avançados e a disponibilidade de quantidades massivas de dados provocaram a explosão do campo da inteligência artificial (IA), permitindo que cientistas da computação criem tecnologias que muitos de nós apenas sonhávamos há poucos anos. Mas a Microsoft tem um plano ambicioso que é democratizar a IA, tornando-a acessível para todos. Para isso, a empresa firmou parcerias com empresas como a OpenAI, Nvidia, entre outras, que estão sendo apoiadas plataforma de nuvem da Microsoft, o Azure, para o desenvolvimento de novos projetos de inteligência artificial.

"É uma ambição que compartilhamos com a OpenAI, uma organização sem fins lucrativos de pesquisa sobre IA fundada por Elon Musk, Sam Altman, Greg Brockman e Ilya Sutskever. Anunciamos uma nova parceria com a OpenAI, focada em realizar contribuições significativas para avançar no campo da IA, seguindo em nosso objetivo mútuo de usar a inteligência artificial para enfrentar alguns dos mais desafiadores problemas do mundo", disse Harry Shum é vice-presidente executivo de inteligência artificial e do grupo de pesquisa da Microsoft, em um posto no blog da empresa.

A OpenAI é uma das primeiras a adotar as máquinas virtuais Azure N-Series, que estarão disponíveis no mercado em dezembro. Essas máquinas virtuais foram criadas para cargas de trabalho computacionais, que incluem aprendizado profundo, simulações, renderização e o treinamento de redes neurais. Elas também oferecem recursos de visualização de alto rendimento para cenários de estação de trabalho e streaming ao utilizar o Nvidia Grid no Azure.

Além da OpenAI, outras empresas como Esri e Jellyfish Pictures já estão utilizando o Azure N-Series. A Esri está usando os recursos da GPU (unidade de processamento gráfico) da N-Series para alimentar seu software de mapeamento, e o estúdio de efeitos visuai Jellyfish Pictures o utiliza para renderizar efeitos visuais fotorrealistas e animações em larga escala.

"À medida que as necessidades de computação dos nossos clientes aceleram, trabalhamos em parceria com a Nvidia para atender a essas necessidades. Anunciamos que o Microsoft Cognitive Toolkit foi otimizado para rodar as Máquinas Virtuais Azure N-Series equipadas com Nvidia Tesla GPUs e estamos trabalhando juntos para produzir a próxima geração de inovação de hardware com GPUs baseadas em Pascal no Azure, em um futuro próximo", explica Shum.

 O executivo também cita em seu post o Azure Bot Service, serviço no qual os desenvolvedores podem acelerar o desenvolvimento de bots com o Microsoft Bot Framework e desenvolver e gerenciá-los em um ambiente no Azure. Segundo ele, rodando em Azure Functions, esses bots podem escalar sob demanda e o cliente só paga pelos recursos que seus bots consumirem. Azure Functions, que já estão disponíveis, podem ser usados para maximizar o desenvolvimento ágil e a eficiência operacional de quase qualquer app ou serviço a um custo baixo.

"As novidades de hoje estão estruturadas em outros lançamentos recentes do Azure criados para potencializar avanços em IA. Mais de 50 mil desenvolvedores já estão produzindo bots com o Microsoft Bot Framework, e empresas como Lowe's, Uber, DutchCrafters, e AllRecipes.com utilizam Cortana Intelligence e Azure para transformar seus negócios", finaliza Shum.

Tags: , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top