Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Lista de empresas que trabalham com a Apple Pay continua a crescer nos EUA

Postado em: 17/12/2014, às 10:02 por Redação

Menos de dois meses depois de seu lançamento, o Apple Pay continua atraindo varejistas, bancos e estabelecimentos comerciais. De acordo com a Apple, nas últimas semanas foram assinados dezenas de contratos — sem especificar o número — com novos clientes do serviço de pagamentos móveis, que permite que os consumidores comprem produtos nas lojas usando um iPhone, da Apple.

Entre as novas empresas que passaram a trabalhar com o serviço nos EUA estão a SunTrust, Barclaycard e USAA. Além disso, mais dez bancos, incluindo o TD Bank North America e Commerce Bank, adotaram a nova forma de pagamento. Isso sem falar em lojas de material de escritório, mercearias e supermercados.

Com as novas adições, a Apple diz que o serviço de pagamentos móveis já suporta uma quantidade de cartões que representam cerca de 90% do volume de compras com cartões de crédito nos EUA. A rede de fast food McDonald's, por exemplo, outra empresa que aderiu ao serviço, diz que o Apple Pay foi responsável por 50% das suas transações tap-to-pay (algo como toque para pagar) em novembro.

Apesar do Apple Pay ainda representar uma pequena fração do total de transações de pagamento, as novas adições sugerem que ele tem atraído mais clientes que os demais serviços de pagamento concorrentes. Outras empresas como o Google, bem como as operadoras americanas Verizon e AT&T, têm oferecido um produto de pagameento móvel semelhante, mas com resultados bem modestos.

"Os varejistas e as empresas de meios de pagamento veem o Apple Pay como o serviço que tem a melhor chance de adoção para o consumo de massa", disse Patrick Moorhead, presidente da Moor Insights & Strategy, uma empresa de pesquisa, ao The New York Times. "Eles acreditam que ele vai resolver muitos dos problemas que tinham antes com pagamentos eletrônicos."

Observadores do mercado são otimistas sobre o que o Apple Pay pode fazer para a indústria global de pagamentos móveis. Projeção da Forrester Research aponta que o volume de pagamentos móveis nos EUA deve atingir US$ 142 bilhões em 2019. "E muito do que vai ser movimentado será resultado do Apple Pay", disse Denée Carrington, analista da Forrester. Ele calcula que o Apple Pay responderá por US$ 34 bilhões das transações de comércio eletrônico nos EUA em 2019.

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top