Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

HP pode perder US$ 2,2 bi com descontinuidade do suporte ao Itanium

Postado em: 18/05/2012, às 16:49 por Redação

Um documento de 72 páginas da Oracle, referente ao processo aberto contra ela pela HP, sugere que a fabricante de PCs pode perder US$ 2,2 bilhões com o fim do suporte ao software para servidores com o Itanium, um microprocessador para tarefas computacionais pesadas da Intel. Essa seria a quantia gerada com o chip.

Oracle decidiu descontinuar seu suporte para o Itanium, um microprocessador para tarefas computacionais pesadas, afirmando que a Intel deixou claro que o chip estava próximo do fim de sua vida e que o foco da companhia tinha se voltado para o microprocessador x86.

Um e-mail datado de janeiro de 2010, assinado por Dave Donatelli, hoje presidente da unidade servidores, storage e redes da HP, diz que os desempenhos dos segmentos de servidores corporativos críticos e de serviços de tecnologia geravam mais receita que a área de PCs. Na mesma mensagem, o valor bilionário é revelado. Naquela época, a HP tinha cerca de 15% do lucro provenientes da plataforma Itanium e negócios relacionados ao chip da Intel.

Por isso, dizem observadores que acompanham o litígio entre as duas empresas, não é surpresa que o fim do suporte da Oracle aos software que operam com o processador tenha caído como uma bomba na HP e motivado a abertura da ação judicial, em junho do ano passado, contra a fabricante de software. As cifras  foram mantidas em segredo absoluto por serem muitos elevadas, aponta o All Things Digital, blog de tecnologia ligado ao The Wall Street Journal.

Nesta semana, novos documentos lançados pela acusação e defesa jogaram mais combustível na disputa. O juiz do caso, da Corte Superior do Tribunal de Santa Clara, na Califórnia, acatou um pedido da HP com base na obrigatoriedade do suporte da Oracle, expressa em contrato assinado entre as empresas. O julgamento do caso deve acontecer no mês que vem.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top