Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Setor de Telecom deve investir em IoT para crescer, recomenda Bain & Company

Postado em: 19/05/2017, às 08:21 por Redação

O potencial de crescimento de internet das coisas (IoT), que deve movimentar mais de US$ 470 bilhões por ano até 2020, segundo estimativas da Bain & Company, é inegável. Mas quem será responsável pelo suporte de uma infraestrutura tão complexa que conecta diversos tipos de tecnologias e dispositivos?  O estudo da consultoria Close to Core: Telcos' Competitive Advantage in the Internet of Things mostra que as empresas de telecomunicação terão de enfrentar esse desafio.

Segundo a análise, as organizações desse setor ainda são focadas em oferecer soluções específicas para seus clientes, e acabam investindo em nichos de mercado que já estão saturados.

Mas ressalta que a soma da experiência em conectividade, gestão de diretórios extensivos e ciclos de vida de dispositivos tornam o segmento de telecom o único player qualificado para atuar com IoT.

O levantamento da Bain & Company também selecionou estratégias para as três especialidades que devem ser desenvolvidas para atender às demandas da internet das coisas.

Entre as estratégias estão:

Conectividade de rede: é o ponto de partida para conquista de oportunidades em IoT. A indústria de telecomunicação tem experiência e capacitação para realizar o fornecimento de rede carrier-grade que atende aos requisitos de compliance e demandas de governança em um ambiente global de regulamentação.

Com o desenvolvimento de software-defined, as redes virtuais oferecem flexibilidade nos serviços sob medida, segurança e níveis de desempenho satisfatórios. Esses critérios serão essenciais para possibilitar que os clientes sejam autossuficientes nas provisões, quando for necessário, e permitir a integração com uma terceira parte do sistema, por meio do monitoramento apropriado de APIs.

Gestão do ciclo de vida: a oportunidade para as empresas de telecomunicação está baseada na expertise nas áreas de implementação, manutenção e desativação de milhares de dispositivos de suas redes, garantindo segurança, manutenção de diretórios e gestão dos direitos, mesmo após anos da instalação.

Soluções verticais: as companhias de telecom precisam escolher sua área de atuação direta para facilitar o trabalho dos mercados verticais dos provedores de solução. Aquelas que preferirem focar suas capacitações em algumas indústrias terão mais chances de ser bem-sucedidas.

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top