Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Relatório defende fim do monopólio dos EUA na internet

Postado em: 19/07/2005, às 19:46 por Redação

A Agência Brasil da Radiobrás noticiou que a Organização das Nações Unidas (ONU) recebeu ontem 18 um relatório favorável à redemocratização da internet. O documento foi elaborado por 40 peritos, convocados pela ONU, depois de um ano de estudos e pesquisas.

Atualmente, todos os endereços de páginas eletrônicas do mundo são administrados pela Icann, instituição privada americana sem fins lucrativos, sediada na Califórnia (EUA), que responde pela atribuição domínios de internet.

No ano passado, segundo a agência, a administração da internet pela Icann foi criticada durante a Cúpula da Sociedade da Informação, em Genebra. Alguns países exigiram que a rede fosse gerida por uma nova entidade internacional, que seria ligada à ONU. Entre os vários governos que pediram a mudança, estavam China, Brasil, Índia e Quênia.

Em declaração à Agência Brasil, Paulo Lima, diretor executivo da organização não-governamental Rede de Informações do Terceiro Setor (Rits), disse que a internet deve ser compreendida como um bem público e que, por esse motivo, não deve ficar sob monopólio de um único país.

O domínio da internet, segundo ele, também traz efeitos negativos nos custos das bandas. Ele afirmou que os países da América Latina chegam a pagar 14 vezes a mais pelo serviço, uma vez que eles são originários dos Estados Unidos.

Ontem 191 países da ONU iniciaram um debate sobre o relatório apresentado. Em novembro acontecerá a segunda fase da Cúpula Internacional da Sociedade da Informação, onde o diretor acredita que a decisão sobre a democratização da internet deverá ser anunciada.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top