Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Gemalto vai fornecer cartões com chip para área de saúde da Alemanha

Postado em: 19/07/2007, às 17:18 por Redação

A Gemalto, empresa especializada em segurança digital, venceu concorrência realizada pela operadora alemã de fundo de seguro saúde Allgemeine Ortskrankenkasse (AOK) para fornecer e personalizar 35 milhões de cartões e-health-cards para os usuários do sistema de saúde da companhia. O contrato, cujo valor não foi divulgado, é fruto da participação da Gemalto no primeiro programa piloto de saúde daquele país baseado em cartões microprocessados de segurança.

O novo cartão de saúde, segundo a empresa, permite a inserção de prescrições eletrônicas, o que eliminará as receitas em papel. Outro benefício é que com o uso da nova tecnologia exames duplicados serão extintos. O cartão também funcionará como um dispositivo de segurança, realizando a autenticação do paciente, o que irá contribuir para a redução dos custos com fraudes e o aumento da privacidade.

Segundo a Gemalto, o cartão permitirá o acesso seguro ao arquivo médico eletrônico do paciente, com dados para emergência como grupo sangüíneo, alertas de alergia e tratamentos em andamento. Para acessar as informações os profissionais da área de saúde terão que possuir uma senha e a autorização do paciente.

De acordo com o vice-presidente executivo da Unidade de Negócios de Segurança da Gemalto, Jacques Seneca, o contrato com a AOK fortalece o posicionamento da empresa no setor de saúde, após as recentes conquistas na Argélia, Bélgica, China, Finlândia, França, México, Porto Rico, Reino Unido, EUA e Eslovênia.

O programa do governo alemão envolverá 80 milhões de pacientes, 350 mil médicos e dentistas, 2 mil hospitais e 22 mil farmácias. O serviço de saúde alemão funciona de forma descentralizada, com cerca de 250 seguradoras com suas próprias infra-estruturas e processo de suprimento. Os planos de saúde são estatais ou privados. Cerca de 90% da população é coberta pelo plano de saúde estatal e o restante usa um plano de saúde privado. O plano de saúde estatal não paga pela consulta médica nem pelos remédios ? somente uma pequena taxa fixa.

No sistema existente, os fundos das seguradoras têm que emitir um novo cartão para o cliente sempre que houver uma mudança administrativa, mas o sistema de cartão baseado em microprocessador permite a atualização da informação, após o cartão ter sido emitido, reduzindo com isso o custo operacional. O cartão eletrônico de saúde terá a informação da prescrição médica, e tornará obsoletos os 700 milhões de prescrições escritas a mão por ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top