Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Anúncio de spin-off da área de PCs faz ações da HP caírem

Postado em: 19/08/2011, às 18:29 por Victor Hugo Alves e Fernando Paiva

As ações da HP encerram o pregão desta sexta-feira, 19, com queda superior a 5%, o que colocava os papéis da empresa entre as maiores baixas da Bolsa de Nova York (NYSE). O recuo foi motivado em grande parte pelo anúncio feito pela empresa na quinta-feira, 18, que planeja separar ou vender área de PCs, em razão das baixas vendas e das dificuldades enfrentadas por essa unidade de negócios, e descontinuar o tablet TouchPad, baseado no sistema operacional WebOS. As ações da HP iniciaram o pregão na NYSE na manhã desta sexta-feira com queda de quase 21%. Entretanto, se recuperaram ao longo do dia e fecharam em baixa de 5,57%, cotadas a US$ 49,34.
O resultado mostra que apesar do impacto inicial negativo, o anúncio de quinta não trouxe reflexos desastrosos à fabricante no mercado financeiro, até porque quase todas as ações na NYSE registraram queda nesta sexta-feira. A HP justificou que a separação ou a venda da sua área de PCs visa se adequar para se dedicar ao mercado de serviços de cloud computing. Se essa decisão for realmente levada a cabo, o recém-lançado TouchPad, tablet com o sistema operacional WebOS, será descontinuado, assim como os smartphones da linha Pre. Isso mostra que a compra da Palm, por US$ 1,2 bilhão, não foi acertada, principalmente porque o foco inicial era utilizar o webOS para fortalecer a atuação da empresa no segmento de mobilidade. A ideia da fabricante é buscar alternativas para a plataforma webOS. Entre os potenciais mercados está o automobilístico, com o sistema sendo integrado a automóveis. Outro exemplo é a Virgin America, que diz estar estudando opções, incluindo o webOS, para atualizar seu sistema de entretenimento em aviões.
O fato é que o futuro do WebOS é incerto. Alguns analistas internacionais ponderam que ele poderia interessar a fabricantes como Samsung e HTC, como um plano B caso o Google mude a estratégia do Android após a compra da Motorola. Há quem lembre que a HP poderia simplesmente licenciar o uso do WebOS, como faz a Microsoft com o Windows Phone. A Amazon havia demonstrado interesse pelo sistema operacional no passado. Se nada disso acontecer, seu destino será o desaparecimento.
É provável, porém, é que a área de telefonia móvel da HP herdada da Palm seja vendida em razão de suas patentes, em razão da atual guerra em torno de propriedade intelectual em tecnologias de comunicação sem fio. Levando-se em conta as recentes aquisições da Nortel e da Motorola, cada patente nessa área vale entre US$ 500 mil e US$ 750 mil.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top