Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Gartner prevê grandes mudanças organizacionais em TI

Postado em: 19/10/2005, às 21:49 por Redação

Estudo divulgado hoje, 19/10, pelo Gartner, durante o Gartner Symposium ITxpo 2005, que acontece nos EUA, afirma que até 2011 pelo menos 75% das organizações de TI mudarão as suas funções: 10% serão extintas e outras 10% passarão a condição de commodities.

Para os analistas, o avanço das aplicações de tecnologia, o crescimento do outsourcing e a inserção da TI em todos os aspectos de negócios serão os responsáveis pelas transformações.

De acordo com o instituto de pesquisas, se os gerentes de TI não conseguirem atingir resultados rápidos, as companhias tendem a começar a considerar as atividades de tecnologia como não-estratégicas. Segundo os analistas, para que os gerentes de TI consigam obter esses resultados precisarão trabalhar sobre três pilares básicos: "eliminar, consolidar e focar".

Segundo o Gartner, se os executivos de TI permanecerem focados no paradigma de transações perderão espaço para os líderes de negócios. A TI, diz o estudo, poderá ser atrelada ao negócio como uma commodity, passando a ser gerenciada por executivos de negócio como se fosse parte de suas funções regulares. Nesse caso, TI estará inserida como a parte de um processo mais amplo do negócio.

O estudo também avalia que essa tendência terá uma grande influência nos cargos na organização de TI e na dos executivos da área. O instituto de pesquisas prevê que, daqui a seis anos, as organizações de TI terão terão 20% menos funcionários e 40% menos soluções desenvolvidas internamente, enquanto dobra o número de informações, processos e regras de negócio, se comparado a 2005.

De acordo com as projeções, até 2011, TI entrará para a lista dos três fatores mais citados para o sucesso das empresas e, em contrapartida, as barreiras tecnológicas também devem entrar no ranking das três principais reclamações das corporações que passam por alguns problemas.

Apesar das obscuras possibilidades de influência da tecnologia no futuro, o estudo aconselha que os executivos identifiquem e monitorem as tendências e fatores externos que podem afetar seus negócios.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top