Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Notificações de incidentes de segurança recuam 13%

Postado em: 19/10/2009, às 15:59 por Redação

No terceiro trimestre foram feitas cerca de 30 mil notificações sobre incidentes de segurança no país, o que corresponde a uma queda de 13% em relação ao mesmo período de 2008, segundo dados do Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br).
O resultado mostra, ainda, um expressivo declínio de 63% na comparação como o segundo trimestre. As tentativas de fraude reportadas foram inferiores a 8 mil entre julho e setembro, 86% menor em relação ao segundo trimestre e 49% inferior ante o mesmo período de 2008.
De acordo com o CERT.br, a principal causa para a queda no número de relatos de eventuais quebras de direitos autorais, por meio de distribuição de material em redes ponto a ponto (P2P). A redução foi de 99% em relação ao segundo trimestre e de 97% na comparação com o mesmo período de 2008.
Ainda com relação a tentativas de fraude, o relatório apontou aumento de 22% nas notificações sobre cavalos-de-Tróia no trimestre. Já o número de páginas falsas de bancos e sites de comércio eletrônico (phishing tradicional) reportadas teve alta de 6% ante o segundo trimestre, mas foi 66% maior contra o mesmo período de 2008.
Outra categoria que apresentou aumento de notificações está relacionada com a propagação de worms, que inclui infecções por bots, que totalizou 6.012 entre julho e setembro, número 72% maior do que no trimestre anterior e 14% maior em relação ao mesmo período de 2008.
De acordo com Cristine Hoepers, analista de segurança do CERT.br, cada vez mais máquinas de usuários finais estão conectadas via banda larga, de modo que não só possuem melhor conectividade, mas tendem a ficar mais tempo conectadas. "Por este motivo, elas acabam sendo um alvo mais atraente para os atacantes, bem como são mais facilmente infectadas por códigos maliciosos que se propagam automaticamente, como worms e bots", observou.
Já os relatos sobre ataques a servidores web registrou acréscimo de 1,6% em relação ao trimestre anterior, mas aumentaram 46% na comparação com o terceiro trimestre de 2008.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top