Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Telecom Americas debate o futuro das telecomunicações

Postado em: 20/09/2005, às 20:35 por Redação

Os principais fatores críticos para o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação (ICTs, sigla em inglês para information and communication technologies) em toda a região das Américas e em outros continentes estarão sendo debatidos por importantes representantes da indústria nas sessões plenárias do ITU Telecom Américas 2005, evento que se realiza entre os dias 3 e 6 de outubro em Salvador, na Bahia.

O fórum vai discutir os novos desafios para as operadoras e para os órgãos reguladores à medida que tecnologias como banda larga, voz sobre IP (VoIP) e aplicações sem fio avançadas ganham terreno rapidamente em toda a região das Américas.

O ITU Telecom Americas reúne representantes de governos, setor privado, sociedade civil e comunidade acadêmica. O programa deste ano promete debates acalorados com keynotes e painelistas dos principais fabricantes de equipamentos, organismos como o UMTS Fórum, operadoras e órgãos reguladores, além de representantes da sociedade civil, entre os quais o Grupo de Trabalho sobre Governança de Internet da ONU.

?O slogan deste ano é ?Em Ritmo Latino??, diz Tim Kelly, que está à frente da coordenação do fórum. ?Queremos explorar as especificidades da região e o desenvolvimento de uma sociedade da informação latino-americana.?

O programa das sessões plenárias do fórum se concentrará em tópicos fundamentais que têm impacto em todos os segmentos da indústria. Por exemplo, na sessão plenária 3, Broadband Conectivity for All, ou Conectividade em Banda Larga para Todos, será feita uma análise de como a banda larga poderia ser estendida a áreas rurais ou remotas por meio do desenvolvimento de tecnologias de acesso novas ou já existentes. Os participantes irão debater se a banda larga poderia, um dia, ser considerada um serviço universal ? e se será possível alcançar, mundialmente, disponibilidade e soluções econômicas para todos os usuários.

No que toca à mobilidade, os tipos de abordagem que têm ajudado a ampliar a disseminação em toda a região das Américas serão explorados em Mobile Americas, ou América Móvel (sessão plenária 2). Essa sessão debaterá, ainda, como as novas tecnologias sem fio, tais como WiMax ou sistemas de wireless LAN (Wi-Fi e outros), poderiam ser usadas para ajudar a ampliar ainda mais o alcance das ICTs ? e possivelmente até sobrepujar a infra-estrutura tradicional de telefonia fixa. A sessão Mobile Americas também examinará algumas das implicações técnicas e regulatórias para facilitar o uso eficiente do espectro de rádio e a forma como as Américas podem liderar outras regiões no que se refere ao desenvolvimento sem fio.

O advento de novas tecnologias, como as redes convergentes e como gerenciar a transição para essas novas tecnologias estará sendo debatido na sessão plenária 5, Next Generation Regulation, ou Regulamentação das Redes de Próxima Geração, que abordará como os órgãos reguladores estão equalizando os novos desafios e oportunidades, e como eles podem ajudar a facilitar a introdução de novos produtos e serviços nos mercados.

Na sessão plenária de abertura do fórum o foco estará voltado para de que maneira a América Latina vem estabelecendo e formatando seu próprio futuro no que diz respeito às ICTs, e se examinará se há um modelo próprio para a região no que se refere ao desenvolvimento das telecomunicações, e em caso afirmativo quais são os aspectos de maior sucesso. Que implicações, e oportunidades, esse modelo deve manter para o futuro?

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top