Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Especialista destaca tendências de TI na área de saúde

Postado em: 20/11/2012, às 10:28 por Claudiney Santos

Os apps vão trazer agilidade e servir para que as aplicações forneçam informações objetivas e eficientes aos pacientes. E isso influencia as pessoas que usam os aplicativos, tornando-os importantes ferramentas no tratamento. Essa é uma das tendências apontadas por Antoine Geissbuhler, presidente da International Medical Informatics Association (IMIA), na abertura da 13º  Congresso Brasileiro de Informática em Saúde – CBIS 2012, que teve início na segunda-feira, 19, e prossegue até dia 23 no Expo Unimed Curitiba, no Paraná. O evento é organizado pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS) e reúne cerca de 600 congressistas.

O executivo destaca que mobilidade, colaboração e redes sociais estão transformando o setor de saúde. "Os pacientes informados  trocam informações entre si, o que se chama de sabedoria coletiva. Em função desses novos tempos do conhecimento, tem que se ter uma nova relação de confiança entre o paciente e o profissional de saúde", destacou Geissbuhler, ressaltando a necessidade de se ter informações confiáveis nesse tempo de web 3.0, a web semântica. "Existe uma associação sem fins lucrativos que certifica com um selo, o HonCode, os conteúdos editoriais de websites que são confiáveis e sem interesses econômicos", explica.

Em relação ao home care, o executivo diz que com a casa conectada o paciente pode ser tratado nos diferentes ambientes de forma assistida, com serviços personalizados e integrados. "Esse mercado está sendo desenvolvido em paralelo ao envelhecimento da população." "O importante é definir padrões onde rodam todas as aplicações, com integração e desenvolvimento que possam ser usados pelos gestores de TI no restante do mundo, mas que tenha uma validação reconhecida. Uma grade volume de dados deve gerar informações para que se possa tomar uma decisão e agir", defende Geissbuhler.

Para ele, os sistemas integrados de suporte a decisão deve servir para se aprender com o que não foi planejado. "O desafio é ter uma arquitetura ágil, criada como ser fosse um planejamento urbano, de forma que ele consiga se desenvolver constantemente, como acontece com uma cidade, que vai se modificando ao longo do tempo. Arquitetura, continuidade e integração com informações seguras e consistentes", Geissbuhler.

IMIA

A IMIA, com sede em Genebra, é uma associação formada por outras associações de 68 países diferentes, com participação de 120 instituições acadêmicas, que totalizam cerca de 50 mil profissionais. Ela tem assento de entidades como OMS, IFIP e ISO. Ela incentiva e desenvolve projetos em países carentes, geralmente usando recursos de telemedicina com o objetivo não só de levar saúde para as populações carentes, mas também treinamento e conhecimento aos profissionais de saúde, de forma a fixá-los na região.

Um exemplo disso é o projeto implantado numa cidade do interior de Mali, distante 800 quilômetros da capital, onde nenhum médico queria trabalhar. Após a instalação de uma conexão via satélite e computadores, consegui-se que um médico se fixasse na região e através da internet não ficasse isolado.

Esse programa também foi desenvolvido na Mauritânia e em regiões afastadas do altiplano da Bolívia. "A Organização Panamericana de Saúde está estudando implantar esse projeto em toda a região", diz  Geissbuhler. "Essas soluções são inspirações para outros países, inclusive da América Latina. O Brasil se destaca como um laboratório de pode ser usado no mundo todo, motivo pelo qual vamos realizar o evento mundail da entidade no país em 2015", enfatiza.

SBIS

O CBIS 2012 prossegue essa semana com diversas atividades, como o primeiro exame que irá certificar profissionaisde TI na área de saúde,  dentro da iniciativa proTICS (programa de profissionalização da informática em saúde).

Nesta terça-feira, 20, a entidade também realiza assembleia geral para eleição do novo presidente da entidade, que deverá ser Marco Antonio Gutierrez, do Incor, substituindo o atual presidente, Cláudio Giulliano Alves da Costa.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top